Caminhoneiro é preso com 27 quilos de cocaína 'export' na carga de óleo de laranja em São Vicente

Droga seria levada até terminal portuário para ser despachada de navio à Europa

Policiais da 1ª Delegacia de Investigações Gerais de Santos apreenderam 27,4 quilos de cocaína tipo exportação. Dividida em 25 tabletes, a droga foi encontrada na manhã de quarta-feira (14) dentro de um contêiner, em São Vicente. O cofre de carga era transportado por um caminhoneiro, que foi preso em flagrante por tráfico. 

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

A captura do motorista Luiz Carlos Alexandre, de 38 anos, morador em um morro santista, não interessa apenas aos investigadores que o prenderam. A Polícia Federal (PF) também tem a sua atenção atraída ao caso, porque ele poderá ser o fio da meada para desbaratar um esquema de tráfico internacional via Porto de Santos. 

A cocaína estava escondida em uma carga de 80 tambores de óleo de laranja avaliada em R$ 427.494,79. Os tabletes da droga foram achados em um dos recipientes. O contêiner era transportado por um caminhão Mercedes-Benz branco, que foi encontrado parado no acostamento do km 63+300 metros da Rodovia dos Imigrantes, na Cidade Náutica. 

O motorista estacionou o veículo porque uma roda se soltou. A abordagem ocorreu enquanto Luiz Carlos aguardava a chegada de socorro mecânico e não foi casual. Os policiais civis checavam denúncia de que um caminhão branco circulava pela Imigrantes com um contêiner carregado com cocaína. 

Contêiner com os tambores de óleo de laranja seria um terminal portuário (Divulgação/Polícia Civil):

Lacres clonados 

O destino do contêiner com os tambores de óleo de laranja seria um terminal portuário, a fim de que a carga fosse despachada de navio à Europa. O motorista ficou apreensivo com a chegada da equipe do investigador Paulo Carvalhal, principalmente quando ela encontrou dois lacres de contêineres com a mesma numeração, indício de clonagem. 

Um dos lacres, intacto, estava na cabine do veículo. O outro, rompido, foi encontrado na pista, ao lado do Mercedes-Benz. Após o conserto da roda, o caminhão foi levado até uma oficina, sendo o contêiner aberto e vistoriado. Com o encontro da cocaína, os investigadores deram voz de prisão ao motorista. 

Material estava escondido na carga de óleo de laranja (Divulgação/Polícia Civil)

O delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior autuou Luiz Carlos por tráfico e determinou a sua remoção à cadeia. As investigações prosseguem para identificar outros envolvidos no esquema criminoso. O caminhão, a carreta, o contêiner e a carga lícita foram restituídos à transportadora dona do veículo e contratada para realizar o frete.

Tudo sobre: