Agente penitenciária é presa por furtar mais de R$ 300 mil de detentos

Funcionária é suspeita de se apossar do dinheiro nos últimos três anos

Por: ATribuna.com.br  -  09/11/22  -  20:33
A funcionária confessou o crime e foi presa
A funcionária confessou o crime e foi presa   Foto: Imagem Ilustrativa/FreePik

Uma funcionária de uma unidade prisional foi presa preventivamente no último dia 2 de novembro. Ela, que tem 50 anos, é suspeita de furtar R$ 308,6 mil em dinheiro vivo de detentos do local onde trabalha, em Chapecó, Santa Catarina. O dinheiro é proveniente do pecúlio dos presos e o resultado do inquérito foi divulgado nesta terça-feira (8).


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


A falta do dinheiro foi percebida pela Polícia Penal durante uma auditoria na direção da penitenciária, e reportada à polícia, que iniciou uma investigação até chegar na suspeita.


Segundo a Polícia Civil, os furtos vinham acontecendo há três anos. Depois de presa, a mulher confessou o crime. Embora ela esteja presa desde o dia 2 e o inquérito encaminhado ao Ministério Público, agentes têm efetuado diligências e seguem na investigação na tentativa de recuperar o dinheiro.


Os depósitos eram efetuados em pecúlios, benefícios previstos em lei para os presos em ressocialização. É uma espécie de poupança para ser resgatada depois que eles tiverem decretada a sua liberdade. Além de ajuda de familiares, neles são creditados pagamentos por trabalhos efetuados pelos detentos.


* com informações de g1


Logo A Tribuna
Newsletter