CLUBE IMPRESSO ACERVO COVID
Saiba tudo o que um smartphone precisa ter para não te aborrecer; VÍDEO
Especialista ouvida por A Tribuna dá dicas e explica o que você deve saber antes da compra
Por: Jordana Langella  -  07/05/21  -  13:48
Celulares são quase extensão do corpo humano   Foto: Jordana Langella/ AT

Escolher um modelo de smartphone de acordo com as necessidades e 'tamanho' do bolso nem sempre é uma tarefa fácil, tendo em vista a quantidade de oferta de aparelhos disponíveis no mercado. Mas há características essenciais para que o celular ofereça boas funcionalidades sem dar "dor de cabeça".


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!



A equipe de ATribuna.com.br foi às ruas do Gonzaga, em Santos, ouvir qual a opinião das pessoas sobre o que não pode faltar em um celular e entrevistou uma assistente técnica da região sobre quais cuidados o consumidor deve ter na hora de adquirir um aparelho novo. Confira os detalhes na videorreportagem acima.


A maior parte das pessoas ouvidas durante a produção desta matéria mencionou câmera, memória e bateria como prioridades em um celular, considerado por muita gente uma 'extensão' do corpo humano.


Celulares estão cada vez mais presentes no dia a dia   Foto: Jordana Langella/ AT

De acordo a assistente técnica Áurea Cordeiro, atualmente, tendo em vista que os aplicativos estão cada vez mais pesados e, portanto, ocupam mais espaço, a memória ideal deve ser de no mínimo 32 GB.


Além disso, a câmera deve ter a partir de 13 megapixels, mas no mercado há funções de até 108, de modo que quanto maior for esse número, melhor será a resolução das fotos e vídeos.


Outro ponto destacado por Áurea, em um momento que o celular é usado durante o dia inteiro para funções de comunicação, atividade física, transações financeiras e até mesmo imposto de renda, é a bateria que deve ter carga suficiente para o dia inteiro.


No caso de androids, os modelos indicados precisam ter 3.500 miliampères e para outros sistemas operacionais, no mínimo 2500 miliampères.


Por fim, a profissional ressalta que há cuidados que preservam a durabilidade dos smartphones, como cuidados com quedas, limpeza da entrada do carregador, não deixar o celular carregando antes de a bateria acabar e atenção na hora de guardar o fio do carregador.