Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Luciano treina e reforça São Paulo contra o Inter; presidente se reúne com elenco

O atacante foi desfalque nos últimos quatro jogos da equipe por causa de uma inflamação na perna esquerda

Por: Do Estadão Conteúdo  -  19/01/21  -  23:58
A ausência de Luciano impactou diretamente no rendimento de Brenner
A ausência de Luciano impactou diretamente no rendimento de Brenner   Foto: Divulgação/São Paulo FC

O São Paulo terá um importante retorno para enfrentar o Internacional, nesta quarta-feira (20), em confronto direto pela liderança do Campeonato Brasileiro. O atacante Luciano treinou normalmente nesta terça(19) e fica à disposição do técnico Fernando Diniz para o jogo no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela 31.ª rodada. A partida começará às 21h30.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


O atacante foi desfalque nos últimos quatro jogos da equipe por causa de uma inflamação na perna esquerda. O São Paulo empatou com o Grêmio, quando foi eliminado nas semifinais da Copa do Brasil, e perdeu para Red Bull Bragantino e Santos, além de empatar com o Athletico-PR, pelo Brasileirão.


A ausência de Luciano impactou diretamente no rendimento de Brenner. O artilheiro do São Paulo na temporada não marca há quatro jogos. A equipe marcou apenas três gols neste período com Tchê Tchê, duas vezes, e o uruguaio Gonzalo Carneiro.


Além de Luciano, Fernando Diniz vai contar também com o lateral-direito Juanfran. O espanhol levou uma pancada no braço esquerdo no jogo do último domingo, diante do Atlhetico-PR, mas trabalhou nesta terça-feira com uma proteção no local e está confirmado para o jogo.


A única dúvida do treinador está na defesa. O zagueiro equatoriano Arboleda cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Léo e Diego Costa são opções para enfrentar o Internacional.


A importância do confronto levou o presidente Julio Casares ao CT da Barra Funda. Acompanhando do coordenador Muricy Ramalho e dos diretores Raí, Carlos Belmonte e Chapecó, o dirigente conversou com os jogadores antes do treino. No bate-papo, procurou incentivar os jogadores. A conversa não foi em tom de cobrança, apesar do momento da equipe não ser positivo.


O São Paulo viu a sua vantagem de sete pontos na liderança do Brasileirão diminuir drasticamente e agora corre o risco até ser ultrapassado pelo time gaúcho em caso de derrota no Morumbi. O Internacional está apenas um ponto atrás (57 a 56).


Logo A Tribuna