Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Santos sofre defensivamente após a venda de Luan Peres; veja os números

Gols sofridos no Alvinegro depois da saída do zagueiro mais do que dobrou

Por: Bruno Lima  -  21/07/21  -  07:13
 Vendido ao Olympique de Marseille, Luan Peres não defende o Santos desde 30 de junho
Vendido ao Olympique de Marseille, Luan Peres não defende o Santos desde 30 de junho   Foto: Ivan Storti/Santos FC

O confronto desta quinta-feira (22), às 19h15, contra o Independiente, em Avellaneda, pela Copa Sul-Americana, será o sexto jogo do Santos sem Luan Peres, vendido ao Olympique de Marseille, da França. E a saída do zagueiro tem sido sentida. Nos cinco jogos disputados desde então, o Alvinegro foi vazado oito vezes.


A título de comparação, nos últimos cinco compromissos disputados com Luan Peres, o Santos sofreu somente três gols. Isso significa que o número de bolas nas redes alvinegras mais do que dobrou depois da saída do zagueiro.


Além disso, constata-se que o sistema defensivo do Santos sofreu, em média, 1,6 gols por jogo após a transferência de Luan Peres.


Nesses cinco compromissos sem o zagueiro, somente em uma oportunidade o adversário não levou a melhor sobre a defesa santista. E foi justamente o Independiente, no jogo de ida da Sul-Americana, semana passada, na Vila Belmiro, em que os comandados de Fernando Diniz venceram por 1 a 0.


29%


É preciso ressaltar, no entanto, que os gols sofridos são um problema que atormenta o torcedor do Santos desde o início da temporada.


Considerando os 37 jogos disputados até o momento, o Alvinegro só terminou 11 partidas em sofrer gols. Ou seja, em 29% dos seus duelos.


Fernando Diniz, que se mostrou completamente contrariado com a venda de Luan Peres, tenta encontrar uma solução para colocar fim na peneira defensiva.


 Fernando Diniz tenta encontrar uma solução para a defesa do Santos após a saída de Luan
Fernando Diniz tenta encontrar uma solução para a defesa do Santos após a saída de Luan   Foto: Ivan Storti/Santos FC

O jovem Kaiky, que herdou a posição, vinha jogando pelo lado esquerdo ao lado de Moraes nos últimos jogos. Entretanto, no encontro frente aos argentinos, ele terá a companhia de Felipe Jonatan, que volta ao time titular devido à lesão do camisa 42.


E a expectativa do treinador é de que Felipe Jonatan consiga fortalecer a zaga por aquela faixa do campo para que o Santos retorne da Argentina com a classificação na bagagem.


Logo A Tribuna