Santos perde para o Flamengo no Maracanã por 3 a 2, em jogo movimentado

Alvinegro deixou o campo revoltado com a não marcação de um pênalti na etapa inicial, quando o jogo estava 0 a 0

Por: Régis Querino  -  26/10/22  -  00:00
Atualizado em 26/10/22 - 00:15
Na sequência do pênalti não marcado, o Flamengo abriu o placar da partida
Na sequência do pênalti não marcado, o Flamengo abriu o placar da partida   Foto: Reprodução/Twitter

O Santos perdeu na noite desta terça-feira (25) o segundo jogo seguido no Brasileirão, ao ser derrotado pelo Flamengo por 3 a 2, no Maracanã, pela 34ª rodada. Os santistas deixaram o campo sem falar com a imprensa, revoltados com a não marcação de um pênalti na etapa inicial, quando o jogo estava 0 a 0. Na sequência da jogada, Pedro fez 1 a 0.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Com as suspensões de Lucas Braga e Lucas Barbosa, o técnico Orlando Ribeiro surpreendeu escalando Jhojan Julio no ataque, ao lado de Ângelo e Marcos Leonardo. O equatoriano não atuava desde o dia 5 de setembro, na derrota para o Goiás por 2 a 1, na Vila.


Quando a bola rolou, o Flamengo, mesmo com apenas três titulares (David Luiz, Everton Ribeiro e Pedro) em razão da final da Libertadores, sábado, contra o Athletico-PR, se impôs. E foi criando chances, fazendo de João Paulo o nome do primeiro tempo.


O goleiro fez cinco grandes defesas, em chutes de Marinho, aos 9, Everton Cebolinha, aos 16, Pulgar, aos 26, Victor Hugo, aos 39 e David Luiz, aos 46.


O Peixe teve a sua oportunidade aos 22, em tiro de Camacho, de fora da área, que Diego Alves espalmou. Aos 48, o volante santista foi derrubado na área, mas o lance seguiu e, no contra-ataque, Pedro, de letra, completou o cruzamento de Matheuzinho: 1 a 0.


Os santistas partiram para cima do árbitro André Luiz de Freitas Castro, cobrando a penalidade, que, se marcada, anularia o gol rubro-negro. Após três minutos, sem ser chamado pelo VAR, ele confirmou o gol, revoltando a equipe.


Até o Twitter do Santos tirou uma casca da polêmica: “Será que mudaram a regra e não avisaram ninguém”, postou o clube na rede social.


O Santos voltou sem alterações para a etapa final, enquanto Léo Pereira, Arrascaeta e Gabigol entraram no Flamengo. Tomando a iniciativa, Marcos Leonardo quase empatou aos 4, mas Diego Alves defendeu. O empate saiu aos 7, em bela cabeçada de Alex.


O jogo ficou aberto e o Flamengo encontrou espaços. Aos 34, Marinho fez o segundo, após rebote de João Paulo, e aos 41, Arrascaeta, em bela jogada, fez 3 a 1, Carabajal descontou aos 53.


O Santos volta a campo na próxima quarta, às 19 horas, contra o Atlético, em Goiânia. Rodrigo Fernández e Madson, que levaram amarelo, desfalcam o Alvinegro.


Logo A Tribuna
Newsletter