Para Cuca, final da Liberta não tira importância da pandemia: 'Penso se é certo estarmos jogando'

Treinador, que chegou a ser internado com a doença, fala sobre os problemas que a pandemia pode fazer com vidas e clubes

Por: Por ATribuna.com.br  -  19/01/21  -  13:48
Cuca testa positivo novamente para exame de covid-19
Cuca testa positivo novamente para exame de covid-19   Foto: Ivan Storti/Santos FC

O técnico Cuca, do Santos, chegou a ficar internado com Covid-19 durante nove dias no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, no mês de novembro. O treinador teve alteração no seu quadro respiratório e chegou a ser internando na unidade semi-intensiva. A doença preocupou o comandante do Santos, já que faz parte do grupo de risco - ele sofre de problema cardíaco.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Cuca nunca escondeu de ninguém que chegou a ter medo de morrer e, inclusive, perdeu seu sogro com a mesma doença que lhe atingiu. Cuca tem dúvidas, com tudo que tem acontecido no mundo durante a pandemia, se é correto os jogos estarem acontecendo.


"Sinceramente, eu estou numa final de Libertadores, mas fico pensando se é certo estarmos jogando. Se você não jogar, os clubes vão quebrar, os jogadores vão ficar desempregados. É toda uma cadeia que envolve. Ao mesmo tempo, não sabemos se é certo ou não, porque você está se expondo a um risco de morte muito grande. Só que a máquina tem que andar. Não sabemos o que é certo ou não, é largar nas mãos de Deus.", disse o treinador em entrevista ao Jornal O Estado de S.Paulo.


No momento, o treinador não está podendo contar com o volante Alison, que testou positivo para Covid-19, e deve retornar aos treinamentos no dia 26 de janeiro. Porém, quase todo elenco e comissão técnica do clube já foram contaminados pelo vírus


Logo A Tribuna