Levantamento aponta erros da arbitragem contra o Santos no Campeonato Brasileiro

Confira as principais reclamações dos santistas durante a competição

Por: Fúlvio Feola  -  26/10/22  -  13:14
Atualizado em 26/10/22 - 13:23
João Paulo protesta contra possíveis erros de arbitragem
João Paulo protesta contra possíveis erros de arbitragem   Foto: Ivan Storti / Santos FC

Os dirigentes, comissão técnica e jogadores do Santos não conseguem esconder o descontentamento com as jogadas polêmicas envolvendo o clube no Campeonato Brasileiro. O pênalti não marcado em Camacho, na derrota por 3 a 2 para o Flamengo, nesta terça (25), no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, foi a gota d'água.


Logo após o jogo desta terça, o Santos emitiu uma nota repudiando os últimos erros, contra Corinthians e Flamengo, alegando que o clube não vai mais "tolerar essa falta de profissionalismo recorrente".


Após a nota emitida, o presidente da comissão de arbitragem da CBF, Wilson Luiz Seneme, divulgou um comunicado com a suspensão por tempo indeterminado do árbitro André Luiz de Freitas Castro e o árbitro de vídeo Adriano Milczvski, por causa dos erros cometidos na vitória do Flamengo contra o Santos.


A diretoria santista tem reclamado há muitos jogos, e com frequência, em relação aos erros, ou supostos erros, do VAR durante o Campeonato Brasileiro. Confira aqueles que renderam mais reclamações durante toda a temporada.


- Na rodada de estreia do Brasileirão, nos acréscimos do jogo entre Fluminense e Santos, o zagueiro Nino, do time carioca, derrubou o atacante Angulo dentro da área. Anderson Daronco aguardou um retorno do VAR, porém, o lance não foi revisado. A partida terminou em 0 a 0.


- Clássico contra o São Paulo, no Morumbi, pela quarta rodada do Brasileirão. O Santos reclamou da jogada de origem que acabou resultando em um pênalti e gol para o Tricolor. O time santista pediu um lateral, que inclusive foi dado pelo auxiliar da partida, mas Leandro Pedro Vuaden escutou o quarto árbitro e deu lance para o São Paulo. O gol da vitória do São Paulo por 2 a 1 aconteceu na sequência ao possível erro.


- O Santos enfrentou o Ceará pela sétima rodada e teve gol do atacante Léo Baptistão anulado. O VAR chamou o árbitro Sávio Pereira Sampaio dando uma falta de Julio quando ele roubou a bola na origem do lance. Mas, antes, Lucas Pires já havia cruzado para o gol do atacante do Peixe. Lance revisto, falta de Julio e muita reclamação do técnico Fabián Bustos.


- Na 10ª rodada da competição, o zagueiro Eduardo Bauermann fez um gol, sozinho, livre de marcação, contra o Internacional. O árbitro Ramon Abatti Abel foi chamado pelo VAR para dar impedimento no lance e anular o gol. Com o lance revisado, todos tiveram dificuldade de ver irregularidade no gol, causando polêmica. O jogo acabou empatado em 1 a 1.


- Pela 33ª rodada do Brasileirão, clássico contra o Corinthians. O atacante Yuri Alberto, do Corinthians, deu uma forte entrada por trás no volante Rodrigo Fernández. A arbitragem deu apenas cartão amarelo. O atacante foi expulso em outro lance. A reclamação continua com a expulsão de Lucas Barbosa. Segundo a arbitragem, o atacante santista teria pisado em Cássio. No entanto, nitidamente o jogador do Peixe dá um pisão na grama. O Corinthians venceu o Peixe por 1 a 0 em plena Vila Belmiro.


Logo A Tribuna
Newsletter