Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Embalado pelas últimas vitórias, Santos visita o Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro

Apesar ter consciência da importância da competição, os jogadores não escondem que a cabeça está voltada para a Libertadores

Por: Bruno Lima & Da Redação &  -  21/01/21  -  09:50
Atualizado em 21/01/21 - 10:08
Com 45 pontos, o time da Vila Belmiro ocupa a oitava colocação do Campeonato Brasileiro
Com 45 pontos, o time da Vila Belmiro ocupa a oitava colocação do Campeonato Brasileiro   Foto: Ivan Storti/Santos FC

Embalado pelas vitórias sobre Boca Juniors e Botafogo, o Santos entra em campo nesta quinta-feira (21), às 19 horas, na Arena Castelão, para encarar o Fortaleza, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. A missão é voltar da capital cearense com os três pontos para seguir no G8 enão deixar a confiança cair antes da final da Libertadores, no próximo dia 30, contra o Palmeiras.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Apesar ter consciência de tudo isso, os jogadores não escondem que a cabeça está voltada para o Verdão e o jogo mais importante do clube nos últimos anos.


Titular absoluto da lateral esquerda, Felipe Jonatan entende que essa ansiedade pela Libertadores é normal, mas espera que o elenco santista não tire o pé do acelerador no Brasileiro. “É óbvio que teremos o jogo mais importante dos últimos anos no dia 30, e não dá para apagar isso da cabeça. Porém, ainda estamos vivos na briga pelo G6 do Brasileiro e não podemos largar isso. Nosso grupo já vem mostrando que é muito forte, e essa partida com o Fortaleza será mais uma oportunidade para seguir brigando lá em cima, então vamos com tudo”, disse ele em entrevista ao site oficial do Santos.


Possivelmente entre os 11 iniciais de Cuca para o duelo desta noite por conta das ausência de Jobson, que lesionou o joelho direito e ficará fora dos gramados por cerca de sete meses, e de Alison, com covid-19, o jovem Sandry segue a mesma linha de raciocínio e explica que não é hora de se preocupar com o Palmeiras.


“A gente sabe da importância do jogo de amanhã (hoje). Sabemos, também, da dificuldade que será a partida, mas nos preparamos bem durante a semana e esperamos fazer um grande jogo. Primeiro vamos pensar no Fortaleza e, quando chegar a hora, pensaremos na Libertadores, no dia 30. O jogo de amanhã (hoje) é muito importante para nós, assim como os próximos antes da final”, falou o garoto também ao site do Peixe.


Com 45 pontos, o time da Vila Belmiro ocupa a oitava colocação do Campeonato Brasileiro e quer se manter no grupo de times que vão à próxima edição da Libertadores. Já o Fortaleza vive uma realidade diferente. Com 32 pontos, o Tricolor cearense está na 17ª posição, abrindo a zona de rebaixamento.


Fortaleza
Felipe Alves; Tinga, Paulão, Wanderson e Carlinhos; Felipe e Juninho; Romarinho, David e Osvaldo; Wellington Paulista. Técnico: Enderson Moreira.


Santos
João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Alex e Felipe Jonatan; Vinicius Balieiro, Sandry e Jean Mota; Lucas Braga, Bruno Marques (Marcos Leonardo) e Arthur Gomes. Técnico: Cuca.


Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG). Local: Arena Castelão, em Fortaleza, quinta-feira, às 19 horas. Transmissão do TNT.


Logo A Tribuna