Dracena revela bronca em jogadores do Santos e pede mudança de postura para sábado

Peixe volta a enfrentar o Corinthians pelo Brasileirão após ser goleado na Copa do Brasil

Por: Bruno Lima  -  23/06/22  -  08:35
Edu Dracena disse ter cobrado jogadores do Santos após goleada sofrida para o Corinthians
Edu Dracena disse ter cobrado jogadores do Santos após goleada sofrida para o Corinthians   Foto: Ivan Storti/Santos FC

A derrota por 4 a 0 para o Corinthians e a atuação sem qualquer inspiração do Santos, na noite desta quarta-feira (22), na Neo Química Arena, pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, fizeram Edu Dracena, executivo de futebol do Peixe, pedir a palavra no vestiário alvinegro e adotar um discurso mais pesado com o elenco.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


O dirigente espera que as verdades ditas aos jogadores apresentem resultado já no clássico de sábado (25), contra o Corinthians, às 19 horas, na Neo Química Arena.


"A gente já conversou um pouco no vestiário. Claro que se eu chegasse e desse o maior esporro seria chutar cachorro morto. Eu falei algumas coisas que os jogadores tinham de escutar. Todo mundo, comissão técnica. Agora, temos de reagir o mais rápido possível. Os jogadores que aqui estão já mostraram potencial. Sábado temos a oportunidade de novamente enfrentar o mesmo rival e dar a volta por cima. Cabe a esses jogadores mudar a nossa postura e nosso comportamento", disse o dirigente santista na saída do estádio corintiano.


Dracena, aliás, não eximiu ninguém de culpa pela derrota para o arquirrival. Segundo ele, todos os jogadores precisam pensar no que fizeram em campo. Ele quer vê-los "com a faca nos dentes" no sábado.


"A responsabilidade é de todos. A responsabilidade do Bustos estar aqui é minha e a de escalar é dele, que é o treinador. Cada um sabe o que fez e o que pode fazer. Sábado temos a oportunidade, contra o mesmo adversário, mas num campeonato diferente. Agora, quem vir tem que vir com outra postura, outra atitude, para que a gente não passe o que passou nesta noite. O resultado desta noite impacta em todos nós. Então, quem vir sábado tem que vir com a faca nos dentes para que a gente consiga a vitória", concluiu.


Logo A Tribuna