Copete desconhece chance de sair e diz querer vencer no Santos

Volta e meia o colombiano é citado como moeda de troca pela diretoria do Peixe

Por: Bruno Lima  -  15/02/19  -  15:49
  Foto: Nirley Sena/A Tribuna

Um dos sete gringos que compõem o elenco do Santos, o colombiano Jonathan Copete volta e meia é especulado como moeda de troca pela diretoria em negociações. O atacante, no entanto, desconhece esses rumores e afirma que o seu desejo é permanecer no time da Vila Belmiro. 


"Não tenho conhecimento, fiquei sabendo agora. Como sempre falei, estou no Santos para ficar aqui, fazer o meu melhor e entrar na história, quero ganhar alguma coisa no clube. A minha mentalidade é vencer", disse o colombiano, que é o maior artilheiro estrangeiro da história do Peixe, com 26 gols.


"Consegui fazer essa quantidade de gols. Não esperava ser o maior artilheiro estrangeiro, mas fico feliz e isso me anima a trabalhar e ajudar cada vez mais o Santos", acrescentou o atleta. 


Mas atuar perto da área adversária não é a única característica de Copete. Polivalente, o colombiano também tem sido usado como lateral ou ala com o técnico Jorge Sampaoli. Cuca, que deixou o Peixe no final da temporada passada, já havia utilizado o jogador da mesma forma. 


"Eles me conhecem e sabem que posso fazer várias funções, seja na defesa ou no ataque. O professor sabe das minhas qualidades e tenta melhorar o time seja como for. Estou preparado e sabendo que o Santos tem que ficar na frente. É muito importante ajudar o time de qualquer jeito", finalizou Copete, que deve ser titular no jogo da próxima segunda-feira (18), contra o Guarani, no Pacaembu.


Logo A Tribuna