Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Confira as notas dos jogadores do Santos na final da Libertadores

Com futebol abaixo da média, Santos não incomodou o goleiro Weverton em nenhum momento

Por: Fúlvio Feola  -  30/01/21  -  22:15
Atualizado em 30/01/21 - 22:17
Muito bem marcado, Soteldo pouco fez durante a partida
Muito bem marcado, Soteldo pouco fez durante a partida   Foto: Vanessa Rodrigues/AT

O Santos não parecia um time que entrou em campo para conquistar a Libertadores da América, tendo uma atuação abaixo da média das outras partidas da competição. Muito toque de bola ineficaz e sem perigo. Não incomodou o goleiro Weverton em nenhum momento e parou com frequência na defesa adversária.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


24 - John - O goleiro não teve trabalho na primeira etapa, apesar do Palmeiras criar boas chances. Esteve tranquilo junto aos companheiros de zaga. No único lance em direção ao gol, Breno Lopes marcou. Sem ter o que fazer. Nota: 5,5


4 - Pará - Um dos melhores do time na etapa inicial. Marcou forte, subiu e desceu, além de tentar boas jogadas. No segundo tempo, parece ter perdido o ímpeto. Deixou o adversário mais à vontade. Nota: 6,0


55 - Bruno Marques - Entrou no final do jogo. Sem nota


28 - Lucas Veríssimo - Recebeu um cartão amarelo em uma entrada na bola, porém forte. O jogador não comprometeu, mas não se destacou quando como de costume. Nota: 5,5


14 - Luan Peres - Errou em algumas saídas de bola na primeira etapa, mas durante a partida ajudou o time com sua segurança, entradas firmes e bons cortes. Nota: 6,0


3 - Felipe Jonatan - Não ajudou na defesa, nem no ataque. Foi anulado por Marcos Rocha. Errou tanto que foi substituído. Nota: 4,5


27 - Wellington Tim - Entrou no lugar de Felipe Jonatan. Não comprometeu, subiu pouco. Apenas regular. Nota: 5, 5


5 - Alison (z) - Firme, como sempre. Mas precisava colaborar mais na saída de bola. Teve trabalho com o meio de campo adversário. Nota: 6,0


21 - Diego Pituca - Jogou mais avançado, tentou ser o armador do time. Sem sucesso no primeiro tempo. No segundo tempo, melhorou um pouco, ajudou mais na distribuição de jogo. Nota: 6,0


18 - Sandry - Tem qualidade, mas mais perdeu nas disputas com o meio de campo palmeireinse, do que ganhou. Nota: 5,5


36 - Lucas Braga - Deu velocidade ao time e ajudou no meio de campo. Ninguém do Peixe acompanhava. Tentativas frustradas. Nota: 5,5


11 - Marinho - Recebeu muitas faltas, mas também em alguns lances exagerou. Não gerou perigo ao adversário. Errou em vários momentos. Nota: 5,0


19 - Kaio Jorge - Com a forte marcação da defesa palmeirense, Kaio Jorge foi figura totalmente apagada no primeiro tempo. Nota: 4,5


13 - Madson - Teve pouco tempo para ajudar na armação. Não comprometeu. Nota: 6,0


10- Soteldo - Arriscava, corria, atacava, mas sem eficiência. Outro que foi bem marcado pelo adversário. Nota: 5,5


Cuca - Fez algumas alterações, tentou. Começou com Sandry para fortalecer o meio, algo que tinha dado certo diante do Grêmio. Acabou sendo expulso ao segurar uma bola do Marcos Rocha e se desentenderam. Nota: 5,5


Logo A Tribuna