Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Com gols dos Meninos da Vila, Santos vence Deportivo Lara na pré-Libertadores

Vinícius Balieiro e Kaiky balançaram as redes e anotaram seus primeiros gols no time profissional. Agora, Peixe joga pelo empate na Venezuela para avançar

Por: Fúlvio Feola  -  10/03/21  -  01:12
Santos comemora após abrir o placar contra o Deportivo Lara
Santos comemora após abrir o placar contra o Deportivo Lara   Foto: Vanessa Rodrigues / AT

O Santos estreou com vitória na Copa Libertadores da América de 2021. Nesta terça-feira (9), o time do técnico Ariel Holan venceu o Deportivo Lara por 2 a 1, com gols de Vinícius Balieiro e Kaiky, ambos fazendo seus primeiros gols no time profissional do Peixe. O zagueiro Anzola marcou o gol do adversário.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Essa foi a primeira vitória santista na temporada. O time vinha de dois empates e uma derrota no Campeonato Paulista. No jogo desta terça-feira, a equipe foi mais envolvente e teve ótima posse de bola (68%). O técnico Ariel Holan teve a oportunidade de ir conhecendo melhor o seu elenco. 


Agora, o jogo de volta acontece na próxima terça-feira (16), às 19h15, no Estádio Olímpico de La Universidad Central da Venezuela, em Caracas. Por ter sofrido um gol fora de casa, o Santos não pode perder por 1 a 0, que é eliminado. O time de Holan joga por um empate para avançar de fase na Pré-Libertadores.


Mais posse de bola, pouca eficiência


O primeiro lance da partida foi protagonizado pelo Deportivo Lara. España fez o cruzamento pelo lado direito e Darwin Gómez cabeceou para fora. Isso com apenas um minuto de jogo. Mas nos cinco minutos iniciais, o Peixe tocava a bola no meio de campo e tinha 66% da posse de bola.


Após Barrios perder um gol aos 10 minutos, Ângelo fez um bela jogada, passou pelo defensor e cruzou bonito para Marcos Leonardo, que cabeceou. O goleiro Curiel fez um excelente defesa, salvando o time venezuelano. Com 15 minutos de partida, o Peixe dominava a partida e seus jogadores pressionavam os jogadores do Lara em seu setor defensivo. 


Soteldo, Ângelo, Lucas Braga e Marcos Leonardo faziam jogadas bem trabalhadas, dificultando a vida da equipe da Venezuela. Porém, a faltava eficiência nas conclusões. Aos 20 minutos, Ângelo tabelou com Marcos Leonardo, quando recebeu, puxou muito para o fundo e bateu sem ângulo nas mãos de Curiel. 


Aos 26 minutos, o Lara mostrou que não estava morto. Salazar recebeu bola próximo a entrada da área e rolou para Barrios, que chegou finalizando com força. Bola desviou na zaga, quase enganando João Paulo. Aos 34 minutos, Bueno bateu falta com perfeição, exigindo grande defesa do goleiro santista. 


Aos 38 minutos, Santos voltou a pressionar, exigindo muita atenção do goleiro Curiel, que chegou a colocar duas bolas para escanteio. O Peixe foi melhor até o final da primeira etapa, tendo 62% da posse de bola e dois arremates perigosos, mas a falta de efeciência prejudicou o time.


Kaiky marca 1º gol pelo profissional e salva o Santos na Vila


O segundo tempo começou quente. Os dois times dispostos a vencer e levar um bom resultado para o jogo de volta. E os gols começaram a sair. Aos 4 minutos, Alison cuzou rasteiro, o adversário tentou afastar, mas Balieiro ficou com a sobra, chutou e abriu o placar. Foi o primeiro tento dele com a camisa do Peixe.


Porém, logo aos 6 minutos, veio a vingança. Em cobrança de escanteio para o Lara, o zagueiro Anzola chutou de primeira no segundo pau e empatou a partida.


O jogo continuou aberto. Aos 15 minutos, Felipe Jonatan cruzou bonito na área, mas o zagueiro Kaiky chegou atrasado e não alcançou, sozinho, a bola. Aos 22 minutos, o Deportivo Lara, ameaçou mais uma vez com Anzola, que recebeu cruzamento na grande área e chutou no canto de João Paulo, mas o bandeira deu impedimento.


Jean Mota entrou no lugar de Marcos Leonardo. E em um dos seus primeiros lances, o meia cobrou o escanteio na cabeça de Kaiky, que não perdoou ao cabecear de forma indefensável para Curiel. Peixe na frente novamente. O camisa 28 do Peixe também fez seu primeiro gol com a camisa santista. 


Santos seguiu bem na partida, com muita posse de bola e jogadores tentando envolver o adversário, mas sempre tendo que tomar cuidados especiais com os contra-ataques dos venezuelanos. O Peixe manteve o sufoco no Lara. Nos minutos finais, Lucas Braga recebeu a bola próximo à era e chutou forte. Mais uma, vez Curiel salvou.


O Santos entrou em campo com: João Paulo; Vinícius Balieiro, Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison (CA), Sandry (Gabriel Pirani), Soteldo; Lucas Braga, Marcos Leonardo (Jean Mota) e Ângelo (Bruno Marques). 


Logo A Tribuna