América-MG vence, ainda respira e Santos amarga mais uma derrota no Brasileiro

Rafael Moura e Mateusinho marcaram os gols do Coelho; Gabriel descontou para o Alvinegro

Por: Bruno Gutierrez  -  18/11/18  -  21:14
Após mais uma derrota, Santos fica longe de uma vaga na pré-Libertadores
Após mais uma derrota, Santos fica longe de uma vaga na pré-Libertadores   Foto: Marcelo Alvarenga/AGIF/Folhapress

O América-MG venceu o Santos por 2 a 1, neste domingo (18), em partida disputada no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Rafael Moura e Mateusinho marcaram os gols do Coelho. Gabriel descontou para o Peixe.


O resultado encerrou uma série de 11 jogos sem vitórias dos mineiros no Brasileiro. Foram seis derrotas e cinco empates no período. Já o Alvinegro amargou a quarta derrota seguida, além cair para o 10º lugar, sendo ultrapassado pelo Botafogo e ficando a 7 pontos da zona de classificação pela Copa Libertadores da América.


Na próxima rodada, o América-MG terá pela frente o Palmeiras, na quarta-feira (21), às 21h45, na Arena Palmeiras, em São Paulo. Já o Santos recebe o Botafogo, também na quarta-feira, às 21h, na Vila Belmiro, em Santos.


Coelho tem mais chances e Gabriel mantém o Santos vivo


O começo do primeiro tempo dava a imprenssão que o Santos teria o domínio da partida. O Peixe começou pressionando os donos da casa. Logo aos 2 minutos, Bruno Henrique tocou para Gabriel, de calcanhar, e o artilheiro bateu cruzado, para fora. A resposta do América-MG veio aos 7. Carlinhos desceu pela esquerda e cruzou rasteiro. Ademir ganhou de Dodô e chutou forte. A bola carimbou o travessão santista.


Antes dos 10 minutos, o Alvinegro teve uma baixa. O volante Guilherme Nunes sentiu uma lesão e pediu substituição. Cuca escolheu Renato para a vaga.


A partir daí, o Coelho cresceu em campo, tendo as principais oportunidades. No entanto, a finalização era o ponto fraco dos mineiros. Aos 21, Norberto cruzou, pela direita, e Ademir cabeceou para defesa de Vanderlei.


Aos 30, o América-MG abriu o placar. Os donos da casa trocaram passes, e contaram com uma defesa adversária bagunçada, até a bola chegar em Rafael Moura. O He-Man fintou Diego Pituca e tocou no canto esquerdo do goleiro santista.


A pressão mineira seguiu nos minutos seguintes. Aos 36, Norberto arriscou uma bomba, de fora da área, e Vanderlei fez uma defesa em dois tempos. No minuto seguinte, Rodrygo perdeu a bola e, em contra-ataque, Carlinhos cruzou para Rafael Moura chutar. Vanderlei, novamente, fez bela defesa.


Artilheiro do Campeonato Brasileiro, Gabriel recolocou o Peixe em jogo aos 45 minutos. Copete inverteu bola para Rodrygo, na direita. O camisa 9 cruzou e Gabriel deu um toque, no contrapé do goleiro João Ricardo, para empatar o jogo.


Mateusinho marca e Santos chega a quarta derrota seguida


O segundo tempo começou com uma partida equilibrada, com uma leve vantagem para o América-MG, que seguia tendo as melhores oportunidades, no entanto, sem oferecer riscos ao gol de Vanderlei. No Coelho, Givanildo Oliveira sacou Ademir para a entrada de Aylon, em uma busca de dar vantagem ao time no meio de campo.


Os donos da casa chegaram ao segundo gol aos 19 minutos.Matheusinho chutou de fora da área, a bola desviou em Gustavo Henrique e traiu Vanderlei.


Aos 22, Bruno Henrique sentiu uma lesão no joelho direito e precisou ser substituído por Arthur Gomes. Minutos antes, o atacante havia recebido um cartão amarelo e, com isso, está suspenso para o próximo duelo do Peixe, contra o Botafogo, na quarta-feira, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro.


Cinco minutos depois, o lateral-esquerdo Carlinhos também sentiu um problema no joelho direito e pediu substituição. Giovanni entrou em seu lugar. Já no Santos, Cuca colocou Eduardo Sasha na vaga Copete. Com essa mudança, o técnico santista colocou uma variação em campo muito utilizada na era Jair Ventura, com Gabriel pelo lado direito, Rodrygo na esquerda e Sasha como referência.


Aos 31 minutos, mais um jogador machucado. Matheusinho caiu no gramado sentindo dores e precisou ser substituído porChristian. A alteração deixou o Coelho mais defensivo e apostando em um contra-ataque, já que o Peixe atuava com quatro atacantes.


Mesmo com uma escalação ofensiva, o Santos voltou a sofrer com a criação. Já o América-MG, melhor em campo, tentava dar números finais ao jogo. Aos 38, Christian cobrou falta e carimbou a trave de Vanderlei. Na sequência, a finalização do Coelho foi por cima do gol.


Nos acréscimos, Christian ainda marcou um gol que foi bem anulado pela arbitragem. No lance seguinte, o Santos ainda tentou empatar a partida. Gabriel cruzou para Rodrygo, que não conseguiu alcançar a bola.


Ficha técnica:


América-MG -João Ricardo; Norberto, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos (Giovanni); Juninho, Zé Ricardo e Matheusinho; Ademir (Aylon), Rafael Moura e Luan. Técnico: Givanildo Oliveira.


Santos -Vanderlei; Victor Ferraz, Alison, Gustavo Henrique e Dodô; Guilherme Nunes (Renato), Diego Pituca e Rodrygo; Bruno Henrique (Arthur Gomes), Gabriel e Copete (Eduardo Sasha). Técnico: Cuca.


Gols -Rafael Moura, aos 30 minutos do 1º tempo e Mateusinho, aos 19 minutos do 2º tempo (América-MG); Gabriel, aos 45 minutos do 1º tempo (Santos).


Cartões amarelos -Norberto, Zé Ricardo e Rafael Moura (América-MG); Bruno Henrique (Santos).


Árbitro -Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA).


Tudo sobre:
Logo A Tribuna