Palmeiras busca vitória em casa e tranquilidade na Libertadores

Se vencer o Guaraní, do Paraguai, a equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo estará sozinha na liderança da chave e terá mais tranquilidade para enfrentar dois compromissos como visitante

Em casa, o Palmeiras tem boas chances de terminar a noite desta terça-feira (10) em situação ainda mais cômoda no Grupo B da Libertadores. Se vencer no Allianz Parque a partir das 21h30 o Guaraní, do Paraguai, a equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo estará sozinha na liderança da chave e terá mais tranquilidade para enfrentar dois compromissos como visitante pelas duas próximas rodadas.

O compromisso palmeirense é o encontro com o algoz do maior rival. O Guaraní eliminou o Corinthians na segunda etapa da fase preliminar, assim como foi o responsável por outra eliminação alvinegra, em 2015. Inclusive, caso não fosse este resultado mais recente, o jogo desta noite poderia ser um clássico paulista.

Palmeiras e Guaraní venceram na primeira rodada, porém o time alviverde conseguiu um resultado mais expressivo, por ter sido fora de casa. A vitória por 2 a 0 sobre o Tigre, na Argentina, trouxe o conforto de começar a competição com triunfo e contar com a vantagem de ter logo no primeiro compromisso como mandante um confronto direto pelo primeiro lugar.

Depois de receber o Guaraní, o Palmeiras terá pela frente a difícil missão de encarar o Bolívar na altitude de La Paz e depois reencontrar a equipe paraguaia como visitante, em Assunção.

Prováveis escalações:

Palmeiras - Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Matias Viña; Bruno Henrique, Ramires e Dudu; Rony, Willian e Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Guaraní - Servio; Ramírez, Romaña, Baéz e Guillermo Benítez; Ángel Benítez, Morel, Edgar Benítez, Redes e Maná; Bobadilla. Técnico: Gustavo Costas.

Árbitro - Roberto Tobar (Chile). 

Local - Allianz Parque, em São Paulo, terça, às 21h30.

 

Tudo sobre: