Luan prevê 'grande jogo' do Palmeiras contra o Athletico-PR

Jogador tem esperança de ser mantido no time por estar fazendo boas apresentações

Por: Estadão Conteúdo  -  24/10/22  -  20:03
Luan tem esperança de ser mantido no time por estar fazendo boas apresentações
Luan tem esperança de ser mantido no time por estar fazendo boas apresentações   Foto: Cesar Greco/SEP

O zagueiro Murilo cumpriu suspensão diante do Avaí e está à disposição do técnico Abel Ferreira. Luan, seu substituto e que mais uma vez teve bela apresentação, tem esperança de ser mantido no time e até projeta a visita ao Athletico-PR, nesta terça-feira (25). Na visão do defensor, o duelo na Arena da Baixada tem tudo para ser bastante disputado e novamente com um Palmeiras ousado.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


"Foi uma vitória boa diante do Avaí dentro da nossa casa. A gente precisava e fizemos um bom resultado, com intensidade e sem tomar gol mais uma vez", avaliou Luan, antes de focar no algoz palmeirense na semifinal da Libertadores.


"Demos mais um passo rumo ao nosso objetivo e amanhã teremos um grande jogo, em um estádio difícil de se jogar, mas equipe que quer ser campeã tem de jogar da mesma maneira dentro e fora de casa. Vamos lá buscar os três pontos", enfatizou o zagueiro, reconhecendo a dificuldade que novamente o clube deve enfrentar. Na Libertadores, o time foi derrotado por 1 a 0 na casa dos comandados de Felipão.


Ao colaborar para o ótimo triunfo sobre o Avaí, Luan se tornou o 11º jogador do Palmeiras com mais vitórias no Brasileirão. São 72, uma a menos que o goleiro Weverton e duas atrás do ex-zagueiro Cléber. Sonhando em logo entrar no top 10, o defensor elogia a parceria com Gustavo Gómez nas últimas temporadas.


"Fico feliz pelos números e pelas marcas. O Gómez é um grande jogador, um grande companheiro e um grande amigo que tenho aqui. A gente se conhece há bastante tempo, desde 2018, e fomos vitoriosos juntos desde o início", elogiou. "Começamos com o Brasileiro e depois vieram os outros títulos. Nesse ano, infelizmente, tive uma lesão no início e as coisas não caminharam do jeito que eu gostaria, mas respeito sempre quem está jogando e fico feliz pelo momento de todos. Sobre as marcas, espero que elas continuem e que a gente continue fazendo história."


Abel Ferreira não deu pistas se pode descansar algum jogador em Curitiba. A tendência é que mantenha a força máxima. O clube pode ser campeão nesta jornada, mas planeja festejar o 11º título do Brasileirão na próxima rodada, no fim de semana, quando hospeda o Fortaleza, e para isso tem de trazer um bom resultado da Arena da Baixada. As atividades técnicas desta segunda-feira foram em campo reduzido.


Logo A Tribuna
Newsletter