EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

16 de Novembro de 2019

Ainda sonhando com o título, Palmeiras enfrenta o Vasco fora de casa

Partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro será em São Januário, às 21h30 desta quarta-feira

Quase um ano depois de comemorar o título brasileiro, o Palmeiras retorna nesta quarta-feira (6) a São Januário para enfrentar o Vasco com um objetivo diferente. O time do técnico Mano Menezes joga a partir das 21h30 (de Brasília) com a missão de vencer para continuar vivo e confiante na possibilidade de evitar que o Flamengo seja campeão.

O Palmeiras encara a dificuldade de estar oito pontos atrás do time carioca a apenas oito rodadas para o fim. As chances de taça se tornam mais difíceis a cada rodada, porém resta ao elenco fazer a própria parte. Se continuar a ganhar, como fez nas últimas três rodadas, a equipe pode na antepenúltima rodada receber o Flamengo ainda com o sonho vivo de título.

O discurso do Palmeiras tem sido o de não desistir e de à distância contar com algum tropeço do adversário. Na penúltima rodada, o alviverde conseguiu reduzir de dez para oito pontos a desvantagem. O Flamengo acumula 17 partidas seguidas sem perder no Brasileirão (15 vitórias e dois empates) e só joga nesta quinta-feira (7), quando visitará o Botafogo, no Engenhão.

Para montar o time, Mano teve como baixa de última hora o volante Felipe Melo. O jogador recebeu cinco jogos de suspensão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva por ter feito gestos obscenos para a torcida do Santos. Embora o clube tenha decidido recorrer, Thiago Santos joga hoje contra o Vasco.

A outra mudança em comparação ao time que bateu o Ceará, por 1 a 0, deve ser a voltado lateral-direito Marcos Rocha, que não jogou por desgaste físico, em lugar de Mayke.

Ficha técnica:

Vasco x Palmeiras
31ª rodada do Campeonato Brasileiro
6 de novembro de 2019 (quarta-feira)
21h30 (de Brasília)
Estádio São Januário (Rio de Janeiro, RJ)
Transmissão da Globo

Prováveis escalações:

Vasco: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Henriquez, Leandro Castán e Danilo; Fellipe Bastos, Raul e Guarín; Marrony, Bruno César e Rossi. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Zé Rafael e Deyverson. Técnico: Mano Menezes

Árbitro: Rafael Traci (SC)

Assistentes: Helton Nunes (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)

VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

 

Tudo sobre: