Mourão diz ser a favor de liberar praia para surfistas: 'Não vejo nenhum impedimento'

Para o prefeito de Praia Grande, não existe empecilho para que praticantes peguem ondas, desde que sozinhos

Por: Por ATribuna.com.br  -  17/04/20  -  16:04
Praias de Praia Grande estão fechadas
Praias de Praia Grande estão fechadas   Foto: Divulgação/APGS

A restrição do acesso às praias da Baixada Santista devido à pandemia do novo coronavírus é um dos tópicos que mais geram polêmica entre as medidas impostas pelas cidades. Grande parte dos surfistas da região defende que deveria haver uma flexibilização para que possam pegar ondas. Foi sobre isso que o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, comentou na live promovida pelo Grupo Tribuna nesta quinta-feira (16).


Ao ser questionado por internautas se poderia haver um período do dia em que o surfe seria liberado em Praia Grande, Mourão se mostrou favorável à prática durante a quarentena. Porém, disse que compete à prefeitura ver qual seria a melhor forma de reabrir as praias aos surfistas.


"Eu não sou contra ir na praia. Acredito que ele [o surfista] não vai contaminar ninguém no surfe. O que não pode é ficar na areia na praia. O que eu vejo muito na praia é a garotada que vai junto com o surfista. Vai a mulher dele, os filhos e todo mundo, e começa a chegar a galera junto. Mas sozinho, eu não vejo nenhum impedimento", falou Mourão em entrevista.


"Até acho que deve ser pautado por nós, mas com uma responsabilidade. Precisa saber como vamos fazer isso, para a pessoa ter esse momento de lazer. Então, não vejo nenhum empecilho, não. Eu me pergunto: por que ele não pode entrar na água? Se o coronavírus tem medo de água [risos]", prosseguiu.


Em Santos, praticantes da modalidade que descumpriram o decreto relativo à praia chegaram a ser abordados e terem suas pranchas apreendidas pela Guarda Municipal. Houve, inclusive, até uma detenção em Guarujá.


Logo A Tribuna