EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

17 de Julho de 2019

Boca Juniors realiza avaliação técnica em escolas do clube na Baixada

Coordenador técnico Eduardo Espona, do Boca, passará por Santos e Guarujá para observar novos talentos

As unidades de Santos e Guarujá da escola de futebol do Boca Juniors receberão avaliação técnica oficial com um coordenador do próprio clube. Na próxima segunda (25), Eduardo Espona estará nas cidades para observar novos talentos e pedir a qualidade e evolução dos alunos.

O processo passará por outras 14 unidades da escolinha do Boca no Brasil, e consiste em treinos de habilidades técnicas, responsabilidade tática e coletiva, estrutura e condicionamento físico, fundamentos aprimorados e postura em campo.

Após cada etapa, o coordenador técnico responsável reúne as informações recolhidas dos atletas e seleciona os destaques. Dentre uma seleção criteriosa entre os destacados, apenas um de cada unidade ganhará o direito de passar uma semana nas dependências do Boca Juniors, na Argentina, para treinamentos nas categorias de base do clube.

Com 48 unidades espalhadas em todo o Brasil, o projeto das escolas do Boca trabalha com metodologia própria xeneize, como é conhecido o clube. Além de captação de jovens talentos, elas servem para divulgar a imagem do clube em todo o país. Aproximadamente 70 unidades estão distribuídas pelo mundo.