Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Mancini diz que goleada 'dói', mas mantém foco na briga por vaga na Libertadores

Técnico do Corinthians admitiu que o time cometeu muitos erros diante de um adversário forte e por isso foi goleado

Por: De Estadão Conteúdo  -  19/01/21  -  07:36
Desfalcado, Corinthians estreia na Copa do Brasil contra o América-MG
Desfalcado, Corinthians estreia na Copa do Brasil contra o América-MG   Foto: Rodrigo Coca / Ag.Corinthians

A dura derrota por 4 a 0 para o Palmeiras tirou o Corinthians da sua excelente fase no Campeonato Brasileiro, mas não altera o foco da equipe, ao menos na visão do técnico Vagner Mancini. Após o clássico no Allianz Parque, nesta segunda-feira (18), o treinador destacou que o time segue vivo na briga por uma vaga na Copa Libertadores, objetivo que vai buscar em seus últimos nove compromissos na competição.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Porém, o técnico admitiu incômodo com o resultado. "Dói demais uma derrota dessas. É difícil vir aqui, dar entrevista e falar porque a gente fica muito chateado", disse, antes de voltar o foco para um discurso de recuperação imediata.


"O Corinthians briga pela Libertadores, não mudei meu foco, não é uma pedra, um obstáculo na nossa frente que vai fazer que a gente mude o foco ou o que a gente desista daquilo que está a nossa frente, tem 27 pontos em disputa e vamos em busca da Libertadores", afirmou, em entrevista coletiva.


Com a derrota, o Corinthians parou nos 42 pontos, na nona colocação. O time está a oito pontos do G6, mas é bem provável que a zona de classificação à Libertadores seja ampliada, pois a final da Libertadores será entre dois clubes brasileiros - Palmeiras e Santos. E o próprio Palmeiras decidirá a Copa do Brasil diante do Grêmio. Com todos bem colocados, o G6 poderia até virar um G8.


Sem dar desculpas, Mancini também reconheceu a superioridade do Palmeiras no clássico. E admitiu que o Corinthians cometeu muitos erros diante de um adversário forte, que acabou aplicando uma goleada após um início de jogo equilibrado. Para ele, fica lições em busca de evolução para a sequência do Brasileirão.


"Nós assumimos isso, erramos muito, acho importante quando você joga mal, vir aqui e falar que jogou mal mesmo, que não fez a maioria das coisas que vinha fazendo é bom quando você erra, assumir seus erros, pois daí você está aberto para uma evolução", disse.


Em busca da reabilitação, o Corinthians voltará a jogar na quinta-feira (21), às 21 horas, quando receberá o Sport, pela 31ª rodada do Brasileirão. O zagueiro Gil e o volante Gabriel terão de cumprir suspensão.


Logo A Tribuna