Tarcísio de Freitas venceu Fernando Haddad no 1º turno em 86 locais de Santos

Candidatos de Republicanos e PT, respectivamente, disputam fase decisiva para governador de SP no próximo domingo (30)

Por: Sandro Thadeu  -  26/10/22  -  13:45
Atualizado em 26/10/22 - 14:47
Tarcísio de Freitas e Fernando Haddad disputam o segundo turno no Estado
Tarcísio de Freitas e Fernando Haddad disputam o segundo turno no Estado   Foto: Matheus Tagé/AT

O candidato a governador pelo Republicanos, Tarcísio Gomes de Freitas, venceu o primeiro turno das eleições em três de cada quatro locais de votação. em Santos. Ele foi o nome preferido em 86 pontos (73,5%), enquanto Fernando Haddad (PT) se saiu melhor em 31 (26,5%).


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


O levantamento tem como base dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que foram compilados por A Tribuna. No domingo (30), os paulistas irão às urnas novamente para decidir quem comandará o Estado nos próximos quatro anos.


Ex-ministro da Infraestrutura do Governo Jair Bolsonaro, Tarcísio obteve 113.552 sufrágios no Município (46,22% dos votos válidos, excluindo-se em branco e nulos), e o petista, 81.488 (33,17%).


O Colégio do Carmo, na Ponta da Praia, foi o local onde o candidato do Republicanos abriu a maior vantagem, em termos proporcionais, para o adversário: 32,64 pontos percentuais (p.p.) — 56,23% a 23,59%.


Ele também obteve larga diferença em duas unidades municipais de Educação (UMEs) no mesmo bairro: Dr. Porchat de Assis (30,75 p.p., com 53,76% a 23,01%) e Professora Maria Carmelita Proost Villaça (29,06 p.p., com 54,18% a 25,12%).


Ministro da Educação nos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, Haddad abriu a maior distância para o oponente na UME Professor Pedro Crescenti, no Rádio Clube (22,24 p.p. com 52,11% a 29,87%).


Na sequência, os melhores desempenhos do petista, que foi prefeito São Paulo entre 2013 e 2016, ocorreram na UME Professor Mário de Almeida Alcântara, no Valongo (20,59 p.p., com 51,55% a 30,96%) e na UME José Carlos de Azevedo Júnior, no São Manoel (20,23 p.p., com 52,15% a 31,92%).


A disputa entre eles foi bastante acirrada em alguns pontos de votação. Haddad venceu por um voto de diferença na UME Magali Alonso, no Morro São Bento, e na Instituição de Educação Infantil São José, no Castelo; e por dois na Escola Estadual (EE) Doutor Paulo Filgueiras Júnior, também no Castelo.


Tarcísio ganhou por quatro votos na EE Padre Bartolomeu de Gusmão, no Chico de Paula, e por 16 na UME Monte Cabrão, na Área Continental.


Por Zona Eleitoral


O candidato do PT foi o preferido na Zona Eleitoral (ZE) 118, que compreende os bairros de Área Continental, Morros, Região Central, Zona Noroeste, Encruzilhada e Jabaquara. A diferença foi de 604 sufrágios em relação ao oponente (31.553 a 30.949). Fernando Haddad apareceu em primeiro em 29 locais, e Tarcísio de Freitas, em 23.


O candidato do Republicanos levou a melhor em 34 dos 35 pontos da ZE 273, nos bairros Boquei-rão, Campo Grande, Encruzilhada (no caso, o Educandário Anália Franco), Gonzaga, José Menino, Marapé, Morro José Menino, Pompeia e Vila Belmiro. Perdeu apenas na UME Padre Lúcio Floro, no Morro José Menino. Nessa região, Tarcísio venceu por 43.541 votos a 25.937.


Na ZE 272, que tem 30 escolas como pontos de votação instalados nos bairros Aparecida, Embaré, Estuário, Macuco e Ponta da Praia, Tarcísio de Freitas também só perdeu em uma (na UME Auxiliadora da Instrução, no Macuco). Ele recebeu 39.062 sufrágios, enquanto o petista obteve 23.998.


Votos de Garcia


As equipes de campanha de Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos) e de Fernando Haddad (PT) estão empenhadas em conquistar os votos recebidos pelo governador Rodrigo Garcia (PSDB) no dia 2.


Ele terminou na terceira colocação na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes neste ano. Esta será a primeira vez, desde 1994, que um candidato do partido não vencerá o pleito estadual.


Em Santos, o atual chefe do Executivo obteve 41.502 votos no primeiro turno, o equivalente a 16,89% dos sufrágios válidos (tirando-se em brancos e nulos).


O tucano anunciou que está apoiando o candidato do Republicanos na disputa contra o petista. Resta saber como se dividirão os votos dados ao governador.


O melhor desempenho de Garcia na Cidade, em termos proporcionais, foi verificado em locais da Zona Noroeste: Instituição de Educação Infantil São José, no Castelo (21,49%); Unidade Municipal de Educação (UME) José Sá Porto, na Areia Branca (21,32%); UME Prefeito Esmeraldo Tarquínio, no Bom Retiro (20,97%); UME Cely de Moura Negrini, no Rádio Clube (20,25%); e Escola Estadual Doutor Paulo Filgueiras Júnior, no Castelo (19,92%).


Os cinco pontos onde o tucano mais recebeu votos, em termos absolutos, foram os seguintes: Liceu Santista, no José Menino (1.516); Universidade Santa Cecília (Unisanta), no Boqueirão (1.164); Colégio do Carmo, na Ponta da Praia (1.025); Colégio São José, no Gonzaga (823); e UME Cidade de Santos, no Embaré (771).


Logo A Tribuna
Newsletter