Passe livre: 378 cidades terão transporte público gratuito no segundo turno

A estimativa é de que 100 milhões de pessoas sejam atendidas pela medida

Por: Estadão Conteúdo  -  29/10/22  -  12:06
378 cidades terão transporte público gratuito no segundo turno das eleições
378 cidades terão transporte público gratuito no segundo turno das eleições   Foto: Matheus Tagé/AT

Levantamento realizado pela Campanha Passe Livre Pela Democracia, organizado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e pelo movimento TarifaZero BH, aponta que 378 cidades terão transporte público gratuito no segundo turno das eleições, que acontece neste domingo, 30. A estimativa é de que 100 milhões de pessoas sejam atendidas pela medida, conhecida como passe livre.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Do total de municípios que adotarão a gratuidade neste domingo, 335 cidades decidiram pelo passe livre para este segundo turno, atendendo a 98,2 milhões de pessoas, enquanto 43 cidades já aplicam a tarifa zero o ano todo. Todas as capitais e o Distrito Federal terão o esquema especial de gratuidade no transporte público, aponta o levantamento.


São Paulo é o estado com o maior número de municípios que adotaram a medida, com 144. Bahia, com 28, e Goiás, com 21, são os segundo e terceiro Estados com maior quantidade de cidades com passe livre.


Até agora, a iniciativa contabilizou 152 cidades com publicação oficial sobre o passe livre, com 81,1 milhões de pessoas atendidas, além de 52 cidades com promessas do passe livre em divulgação na imprensa, atendendo 7,2 milhões de pessoas. Há ainda 131 cidades atendidas apenas por sistemas metropolitanos de passe livre, que vão englobar 9,9 milhões de pessoas.


O Idec considera como muito positiva a adoção do passe livre nas cidades: "O movimento tem dois impactos importantes: o primeiro é facilitar que pessoas possam ir votar, incentivando o direito ao voto. Em segundo, gerar uma experiência muito importante de acesso de milhões de pessoas ao transporte gratuito, para elas verem que essa política é possível", afirmou Rafael Calabria, coordenador do Programa de Mobilidade do Idec.


Logo A Tribuna
Newsletter