Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Idosa internada em São Vicente aguarda por transferência e família se indigna com demora

Maria Ignez Flores, de 83 anos, está em estado grave e precisa de uma vaga em outro hospital para implantar marcapasso cardíaco

Por: Por ATribuna.com.br  -  16/02/21  -  21:12
Maria Ignez Flores está em estado grave e precisa de uma vaga em outro hospital
Maria Ignez Flores está em estado grave e precisa de uma vaga em outro hospital   Foto: Divulgação

Desde que Maria Ignez Flores, de 83 anos, foi internada no Hospital Municipal de São Vicente, a família da paciente aguarda apreensiva por uma transferência para que Maria consiga colocar um marcapasso cardíaco.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


A neta de Maria, Bruna Leite da Silva, conta que a avó já estava passando por desmaios desde o começo do mês. Porém, passava por um pronto socorro do município e era liberada logo em seguida. Até que no domingo (14) teve uma grande piora no quadro e precisou ser levada para o pronto socorro Parque das Bandeiras, onde foi constatada a necessidade de implantar o dispositivo. De lá, Maria foi transferida para a sala de emergência do Hospital de São Vicente e posteriormente transferida para a UTI, onde aguarda uma vaga em outro hospital para fazera cirurgia. Porém, a família se indigna com a demora e teme que Maria não consiga espera por muito tempo.


Uma das situações que causou mais revolta na família foi saber que o hospital não tinha um marcapasso provisório para que o estado de Maria não piorasse. Ainda segundo Bruna, o hospital só conseguiu um marcapasso provisório após as reivindicações da família, por volta das 12h desta terça (16), mas Maria segue aguardando a vaga.


"(Estamos) extremamente incomodados, preocupados e impotentes mediante ao descaso da saúde em São Vicente, sendo uma senhora de 83 anos que não consegue exercer seus direitos de cidadã e os direitos assegurados pela constituição e estatuto do idoso. Todos temos direitos de lutar pela vida e está sendo tirado isso dela", relata Bruna.


Resposta


Procurada pela reportagem de ATribuna.com.br, a Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria da Saúde (Sesau), informa que a paciente, de 83 anos, deu entrada no Hospital Municipal (HMSV) neste domingo (14), por volta das 23 horas, com histórico de hipertensão arterial sistêmica e bloqueio atrioventricular. Ela está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em respiração ambiente. Seu estado de saúde é grave, porém está hemodinamicamente estável.


A prefeitura também informa que a paciente já está inserida no Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross) e aguarda liberação da vaga para um hospital de referência.


Já a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo informa que o Núcleo de Regulação da Baixada Santista solicitou ao serviço de origem mais informações e atualização dos resultados do exame para auxiliar na viabilização de atendimento especializado e adequado para a paciente, sendo necessário retorno para prosseguir com a regulação a serviço apto a atender o caso.


Logo A Tribuna