Vandalismo em 30 playgrounds de Santos gera prejuízo de R$ 100 mil

Os dados foram apresentados após levantamento da Secretaria de Serviços Públicos

Por: ATribuna.com.br  -  29/07/22  -  15:53
Brinquedos já foram recuperados em 30 playgrounds da Cidade
Brinquedos já foram recuperados em 30 playgrounds da Cidade   Foto: Divulgação/Prefeitura de Santos

A Prefeitura de Santos gastou mais de R$ 100 mil para recuperação de brinquedos de 30 playgrounds, após atos de vandalismo neste ano. De acordo com a Secretaria de Serviços Públicos (Seserp), as praças na Olímpio Lima, Vila Belmiro, e Portinari, no Marapé, foram as mais afetadas.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


As ocorrências vão desde o furto de suporte de apoio das gangorras e das correntes dos balanços até mesmo da madeira da rampa dos escorregadores.


No espaço localizado na confluência das ruas Torres Homem e General Jardim, no Embaré, o brinquedo denominado gira-gira já foi retirado três vezes neste ano para recuperação, após os assentos serem danificados, recebendo reforço extra nas peças de ferro para minimizar os estragos. No mesmo local, o escorregador também é alvo de depredações.


Novos balanços precisaram ser fabricados pela Seserp para os playgrounds instalados na faixa de areia e na praça da Rua Barão de Paranapiacaba, na Encruzilhada.


A utilização indevida dos brinquedos também representa prejuízo para os cofres públicos. Na Praça João Barbalho, por exemplo, as gangorras e os balanços, que são fabricados para suportar o peso de crianças, acabam sendo danificados por adultos.


Ao constatar a ação de vândalos nos espaços, os munícipes devem acionar imediatamente a Guarda Civil Municipal pelo telefone 153 ou a Polícia Militar, no 190.


Logo A Tribuna
Newsletter