Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Santos é líder em saneamento e segurança, aponta ranking nacional

Índice de Desafios da Gestão Municipal (IDGM) foi publicado na última terça-feira (9)

Por: Por ATribuna.com.br  -  13/02/21  -  23:44
No ranking geral, que inclui ainda os setores de educação e saúde, o Município aparece em 12º lugar
No ranking geral, que inclui ainda os setores de educação e saúde, o Município aparece em 12º lugar   Foto: Susan Hortas/Secom

Entre as 100 maiores cidades do Brasil, Santos é a mais eficiente em saneamento e sustentabilidade e segunda melhor na área de segurança, atrás apenas da capital paulista. É o que aponta o Índice de Desafios da Gestão Municipal (IDGM), produzido pela consultoria Macroplan e publicado na última terça-feira (9) pela revista Exame.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


No ranking geral, que inclui ainda os setores de educação e saúde, o Município aparece em 12º lugar (nono no Estado de São Paulo). Na área de saneamento e sustentabilidade, contou a favor de Santos o índice de 99,9% de atendimento de coleta de lixo domiciliar, enquanto a média das cidades pesquisadas é de 98,5%. Também foram levadas em consideração informações sobre coleta de esgoto e distribuição e água potável. Os últimos dados computados são de 2019.


“Temos uma Cidade com ótima infraestrutura urbana, que oferece amplo saneamento básico e coleta seletiva em todos os bairros”, comentou o prefeito santista, Rogério Santos, ao tomar conhecimento do ranking.


No setor da segurança, também com dados de 2019, Santos apresentou índice de 6,7 homicídios para cada 100 mil habitantes, diante da média de 20,1 entre os 100 municípios estudados. Já a taxa de mortes no trânsito santista ficou em 7,2 para cada 100 mil habitantes, abaixo da média registrada nas 100 cidades, calculada em 10,1.


Neste segmento, o prefeito lembrou que a Prefeitura auxilia as polícias Civil e Militar por meio de um sistema de monitoramento com quase 1,5 mil câmeras, operado a partir do Centro de Controle Operacional de Santos (CCO), inaugurado em 2020.


Em relação ao trânsito, ele destacou o trabalho realizado nos últimos anos para preservar a vida de motoristas, ciclistas e pedestres. “Reduzimos os acidentes e mortes com medidas educativas, fiscalização e a instalação de rotatórias e lombofaixas. E, para facilitar a locomoção com segurança, temos ciclovias em 90% das principais vias de Santos”.


Logo A Tribuna