Prefeitura de Santos realiza ações de combate à dengue na Aparecida

Mutirão será realizado no bairro entre quarta (5) e sexta-feira (7).

A Prefeitura de Santos realiza um mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti, nesta semana, no bairro Aparecida. O local registra sete casos de dengue em 2020. Além da dengue, o inseto é transmissor de doenças como chikungunya, zika e febre amarela urbana.

As ações começam nesta quarta-feira (5). Das 9h às 17h, 85 agentes de combate a endemias percorrerão o bairro para eliminar situações favoráveis ao acúmulo de água, que permitem a reprodução do mosquito.

Com exceção do Conjunto Habitacional Humberto de Alencar Castelo Branco (BNH), todo o bairro será vistoriado nesta quarta. O conjunto habitacional receberá a visita dos agentes de endemias responsáveis pelo bairro, pelo programa Casa a Casa, na quinta (6) e na sexta-feira (7), também das 9h às 17h.

Segundo a administração municipal, em virtude da pandemia de cCvid-19, as vistorias são realizadas apenas nas áreas externas das casas e nas áreas comuns dos condomínios.  Além disso, os profissionais usam máscara, luvas e álcool em gel 70%. Todos estão identificados com uniforme (colete verde) e crachá.

A equipe de Informação, Educação e Comunicação terá a responsabilidade de entregar material informativo e orientar os munícipes em relação às doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.

Em relação às doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, Santos contabiliza 106 casos de dengue e 16 de chikungunya. Não há registro de zika neste ano. O último caso de febre amarela urbana no Brasil ocorreu na década de 1940.

Tudo sobre: