Defesa Civil Estadual foca atenção especial para áreas de risco de Santos por causa das chuvas

Orientação é que as pessoas tenham atenção e nunca tentem enfrentar um ponto de alagamento

Por conta das chuvas de verão dos últimos dias, a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil está com atenção especial voltada para as áreas de risco de Santos. Como a previsão do tempo indica chuva, vendaval e até raios, locais com riscos de deslizamentos e alagamentos seguem monitorados até esta quinta-feira (14).

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Segundo o major PM Marcelo Vieira dos Santos, da Defesa Civil Estadual, o alerta foi emitido também para outras regiões do Estado. Nas região, Santos é acompanhada de perto por ter ultrapassado o acumulado de chuva de 100mm. 

“Estamos na operação Chuvas de Verão, que vai até 31 de março, e o plano estadual de Defesa Civil contempla vistoria de campo, previsao meteorológica e analise de chuvas”, diz.

Nesta quarta (13), a Praça Washington, no José Menino, teve alagamentos. A Avenida Nossa Senhora de Fátima ficou com as faixas de rolamento alagadas devido às chuvas, nos dois sentidos da via, próximo à Rua Ana Santos. Só passavam veículos de grande porte.

Em outras cidades da região, não foram registradas ocorrências, segundo informado pelas prefeituras.

Com a previsão de chuva típica de verão, o major PM Marcelo pede que as pessoas tenham atenção e nunca tentem enfrentar um ponto de alagamento.

“Muitos não têm noção da força da água. Para se ter ideia, uma enxurrada de 30 centímetros é capaz de levar um carro, dependendo da força”.

 

Tudo sobre: