Bazares voltam a ser opção para entrar na moda e gastar menos

Calçados, roupas e artigos de decoração são alguns dos nichos que se destacam

Por: Da Redação  -  11/11/18  -  14:02
  Foto: Carlos Nogueira/AT

Os bazares viraram moda na região. Com produtos diferenciados, muitas vezes até artesanais, todo final de semana acontece algum. E muita gente tem optado por esse tipo de comércio para fazer compras. Com a proximidade das festas de final de ano, os encontros também são uma boa opção para achar os presentes.


Muitos deles têm caráter solidário e ajudam alguma causa ou entidade. É como o que foi promovido ontem: o Brechó & Bazar Solidário, que teve parte das vendas revertida para ajudar animais abandonados.


"Esta é a segunda edição que fazemos", conta Sabrina Cavallini, da Associação Vidapet Litoral. "Somos uma rede de protedores voluntários (de animais) o bazar é muito importante para a gente", declara Gisela Ortiz, ao explicar que a instituição cuida de mais de 200 bichos, entre cães e gatos e necessita de mais de mil quilos de ração por mês.


A terapeuta holística Luciana Grano Tobias começou a participar de bazares neste final de semana e declara que não se arrepende. "Além de atender, aproveito para comprar coisas. Tem sempre novidades a preços ótimos".


Outra opção


Entre os dias 12 e 14 e também 21 a 23 deste mês, é a vez da Casa da Esperança realizar um evento nesses moldes. Nele, haverá comercialização de doces e salgados produzidos pelas mães e por familiares dos pacientes, que participam do projeto de geração de renda da instituição.


Gapa/BS


Após reparos posteriores a fortes chuvas, o Grupo de Apoio à Prevenção à Aids retoma nesta segunda-feira (12) suas atividades. Entre elas, a do bazar de roupas, calçados e objetos de decoração. O Gapa fica na Avenida Epitácio Pessoa, 278, no Embaré, em Santos.


Gran Bazar


Acontece nos próximos dias 17 e 18, das 14 às 21 horas, no Mendes Convention Center (Rua Francisco Glicério, 206, Campo Grande). A entrada é gratuita. Para participar do sorteio de brindes, é necessário levar um quilo de alimento não perecível ou um litro de leite. As doações irão para o Núcleo de Aparo a Crianças e Adultos com Câncer (Nacac).


Tudo sobre:
Logo A Tribuna