EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

19 de Setembro de 2019

Abandono da Rodoviária de Santos gera crítica dos vereadores

Assaltos, arrombamentos, falta de limpeza nos banheiros e presença de dependentes químicos foram alguns dos pontos levantados

A sensação de insegurança dos turistas e munícipes que utilizam a Estação Rodoviária Jaime Rodrigues Estrella Júnior, em Santos, foi motivo de protesto de alguns vereadores, durante a sessão da Câmara realizada na noite desta segunda-feira (9).

O primeiro a se manifestar sobre o tema foi Ademir Pestana (PSDB), ao citar que os permissionários do equipamento municipal sofrem com os assaltos e arrombamentos. “É uma verdadeira vergonha para a nossa cidade, que fomenta o turismo”, desabafou ele, que cobrou uma maior presença da Guarda Municipal e da Polícia Militar no entorno.

Na sequência, foi a vez de Fabrício Cardoso (PSB) colocar a boca no trombone ao ler as queixas de alguns cidadãos, como a sujeira nos banheiros, a abordagem de dependentes químicos enquanto estão nos guichês para a compra de passagens e a presença constante de flanelinhas intimidando os motoristas. “A nossa rodoviária é uma vergonha. A gente precisa de uma solução urgente”, ressaltou.

Presidida por Cardoso, a Comissão Permanente de Fiscalização do Legislativo fará uma audiência pública para debater os problemas e apontar soluções para melhorias na Estação Rodoviária no próximo dia 2 de outubro, às 15 horas.