Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Tempestade de cinco minutos causa cenário de pânico e destruição na orla de Guarujá; VÍDEO

Chuva forte e vendaval assustou banhistas e demais pessoas que estavam na praia durante a tarde desta terça-feira (16)

Por: Por ATribuna.com.br  -  16/02/21  -  23:02

Uma tempestade de apoximadamente cinco minutos deixou um cenário de destruição na orla de Guarujá na tarde desta terça-feira (16). O forte vendaval causou pânico em banhistas e pessoas que trabalhavam na praia. Barracas e até quiosques ficaram destruídos.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Assim como aconteceu na segunda-feira (15), o sol se fez presente nas primeiras horas do dia, atraindo muitos banhistas e turistas para as praias da Baixada Santista.


Tempestade durou pouco tempo, mas causou muita destruição na orla de Guarujá
Tempestade durou pouco tempo, mas causou muita destruição na orla de Guarujá   Foto: Reprodução

Por volta das 15h, foi possível ouvir raios e trovões nas imediações da praia da Enseada, em Guarujá. A tempestade, que durou aproximadamente cinco minutos, deixou um cenário de destruição na orla.


Cadeiras e guardas-sóis voaram no vendaval, enquanto que barracas e quiosques da orla ficaram destruídos. O cenário, que para muitos foi considerado como 'cenas de pânico'.


Vendaval, somado à chuva, assustou muitos banhistas que estavam na praia da Enseada, em Guarujá
Vendaval, somado à chuva, assustou muitos banhistas que estavam na praia da Enseada, em Guarujá

Banhistas que estavam na faixa de areia, além de clientes que estavam em quiosques se assustaram com a força do vendaval que, por mais tenha acontecido por pouco tempo, foi o suficiente para causar muita destruição.


Algumas pessoas que estavam na orla no momento da tempestade sofreram ferimentos e alguns deles, inslusive, precisaram ser socorridos por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Questionada, a Secretaria de Saúde informou que uma equipe do Samu atendeu uma mulher, de 24 anos, na praia da Enseada, que teve uma queda durante a ventania. Foi constatado ferimento corto-contuso na região da nádega, com suspeita de fratura no fêmur. A vítima foi encaminhada ao Hospital Santo Amaro (HSA).


Carro ficou destruído após ser atingido por uma árvore, que desabou em decorrência do temporal
Carro ficou destruído após ser atingido por uma árvore, que desabou em decorrência do temporal

Um quiosque ficou destruído após tempestade, assustando clientes e funcionários do local
Um quiosque ficou destruído após tempestade, assustando clientes e funcionários do local

Logo A Tribuna