EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

14 de Agosto de 2020

Reforma da Usafa Sítio Conceiçãozinha, em Guarujá, completa um ano com 11 mil atendimentos

Mensalmente, o equipamento de saúde pública realiza cerca 1.200 procedimentos. Prefeitura promete iniciar reforma em outros 10 espaços após fim da pandemia

A Unidade de Saúde da Família (Usafa) do Sítio Conceiçãozinha (Rua Santo Antônio, 117), em Guarujá, completa um ano da sua reinauguração neste domingo (12). No período, o posto superou a marca de 11 mil atendimentos realizados, entre clínica médica, enfermaria e odontologia.  

Segundo a gerente da Usafa, a enfermeira Ana Paula Maria Ramos, as melhorias realizadas aprimoraram a forma do atendimento. “Há um melhor acolhimento, a recepção ficou mais confortável, e temos um pleno funcionamento do fluxograma”. 

Atualmente em local mais amplo, o espaço público presta quase 1.200 atendimentos todo mês. Lá, são realizados atendimentos de pré-natal, aleitamento materno,  hiperdia, planejamento familiar, grupos de tabagismo, roda de conversa com adultos e crianças, pelo apoio do Núcleo de Atenção de Saúde da Família (NASF).

Tem também atendimento ginecológico, nutricionista, educadora física, preventivo realizado pelos enfermeiros, odontologia, farmácia, vacinação, puericultura e acolhimento com os enfermeiros. 

A unidade atende uma cobertura de mais de 15 mil pessoas do bairro, que são assistidas por duas equipes compostas por dois enfermeiros, seis agentes de saúde, cinco técnicos de enfermagem e dois médicos. A Usafa faz ainda, visita domiciliar para realização de curativos entre outros procedimentos nos acamados do bairro.  

O equipamento dispõe de três consultórios médicos; salas de administração, dos agentes de saúde, de vacina, medicação e curativo, enfermeiros e de arquivo; além de consultório de odontologia, recepção, farmácia, copa, almoxarifado, banheiros para população e para funcionários. 

Na pandemia  

Assim como as demais unidades da rede municipal de Saúde, a Usafa Sítio Conceiçãozinha também segue os cuidados contra a Covid-19. “Além de todos os métodos de proteção por meio dos equipamentos de proteção individual (EPIS), a unidade faz a identificação dos casos com sintomas gripais já na recepção, evitando o contágio dos profissionais e de pacientes que esperam por atendimento”, frisa.  

A Usafa possui uma sala para atendimento do novo coronavírus, limitando o acesso à área interna com limpeza e desinfecção rotineiras.  

Segundo a prefeitura, cinco das 15 Usafas já foram reformadas. A expectativa é que, passando a pandemia, os serviços de engenharia civil deverão ser retomados em outros equipamentos.  As unidades já revitalizadas foram climatizadas, tiveram substituição das redes hidráulica e elétrica, nova iluminação em LED, novos aparelhos,  troca de piso, pintura, acessibilidade, entre outras melhorias. 

Tudo sobre: