Programa de local social atende a 553 famílias vítimas de deslizamentos em Guarujá

Benefício atende famílias desabrigadas em virtude da tempestade que atingiu o município em março, e que estão com suas moradias interditadas ou condenadas pela Defesa Civil

A Prefeitura de Guarujá informou que o programa de  locação social municipal já atende a 553 famílias na cidade. Uma nova lista, com mais dois nomes, foi divulgada no Diário Oficial desta quinta-feira (13). Segundo a administração municipal, o benefício oferece R$ 3,7 mil ao longo de 12 meses, sendo uma primeira parcela de R$ 1,5 mil, seguida por 11 parcelas consecutivas de R$ 200,00 por família.

São beneficiadas pelo programa, famílias desabrigadas, em virtude das chuvas que atingiram o município na madrugada de 2 de março, e que por questões de segurança, estão com suas moradias interditadas ou condenadas pela Defesa Civil de Guarujá.

A Secretaria Municipal de Habitação de Guarujá cadastrou 1.120 famílias. Dessas, 625 foram habilitadas e inseridas no programa de locação social. Nesse período, 67 foram excluídas ou suspensas por motivos diversos, sendo beneficiadas, atualmente, 553 famílias.

Em função da pandemia decorrente do novo coronavírus, desde 23 de março, o cadastramento e atendimento às famílias são realizados via WhatsApp, visando evitar aglomerações. O atendimento é das 8 às 14 horas. Os números para contato são (13) 3308-6919 ou 3308-6913.

Tudo sobre: