Procon Guarujá fiscalizará venda de material escolar neste mês

Ação, que tem por objetivo coibir irregularidades e abusos ao consumidor, está programada para começar no próximo dia 28

Por: Por ATribuna.com.br  -  25/01/21  -  13:45
Os fiscais vão verificar prazo de validade, falta de informação de preço
Os fiscais vão verificar prazo de validade, falta de informação de preço   Foto: Vanessa Rodrigues/AT

O Procon Guarujá dá início, a partir do próximo dia 28, a Operação Volta às Aulas. O objetivo da fiscalização é vistoriar todos os estabelecimentos da cidade que comercializam materiais escolares a fim de evitar que o consumidor caia em irregularidades.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Na ação, os fiscais vão verificar prazo de validade, falta de informação de preço e se o mesmo produto possui até dois preços, por exemplo. Serão inspecionados itens que compõem a lista de material escolar, como lápis de cor e grafite, canetas, borrachas, estojos, cadernos, folhas de sulfite, entre outros produtos.


“Aconselhamos que o consumidor analise todos os locais para encontrar um preço mais em conta. Também orientamos que verifiquem a qualidade dos materiais”, recomenda o diretor do Procon Guarujá, Alexandre Cardoso.


Também serão desenvolvidas pesquisas referentes aos valores dos materiais escolares vendidos no Município, com o objetivo de ajudar a população a evitar gastos desnecessários. Esse levantamento não levará em conta marcas ou os fabricantes dos produtos, mas vai priorizar o menor preço.


Ainda segundo o diretor do Procon, por conta da pandemia do novo coronavírus muitos itens não foram utilizados no último ano. “Por isso é necessário que se verifique e avalie a possibilidade da reciclagem dos mesmos utensílios”.


Serviço


Quem tiver reclamações ou denúncias deve procurar o Procon Guarujá, na Avenida Adhemar de Barros, 218, Santo Antônio. O atendimento, que deve ser previamente agendado, por conta da pandemia do novo coronavírus, é das 9 às 17 horas. Outras informações pelos telefones (13) 3355 6648 ou (13) 3358 2530.


Logo A Tribuna