EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

11 de Agosto de 2020

Guarujá intensifica ações de bloqueio de criadouros de Aedes aegypti

Mutirões vão ocorrer até sexta-feira (10) nos bairros Vila Zilda, Vila Edna, Enseada e Pae Cará, em Vicente de Carvalho

Em meio ao planejamento municipal para combater a escalada do novo coronavírus, a prefeitura de Guarujá não baixou guarda em outra doença comum na região: a dengue. Para eliminar possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, a administração mantém agenda de  vistorias em imóveis e bloqueio de controle de criadouros. 

Até a sexta-feira (10), estão previstas ações nos bairros Vila Zilda, Vila Edna, Enseada e Pae Cará, em Vicente de Carvalho. Segundo a prefeitura, as iniciativas ocorrem em locais com casos suspeitos ou confirmados da doença, e já percorreu outros bairros como Santa Rosa, Cidade Atlântica, Vila Júlia e Jardim Monteiro da Cruz.   

Ações de bloqueio  

Nesta terça-feira (7), na Vila Zilda, foi alvo de ações de bloqueio do vetor causador da dengue. O os agentes retiram criadouros do Aedes aegypti, orientam munícipes e, caso necessário, realizam tratamento com larvicida.  

Já nesta quarta (8), além da Vila Zilda, os agentes estiveram na Vila Edna e na Enseada.

Os agentes seguem as orientações de prevenção ao novo coronavírus, utilizando Equipamento de Proteção Individual (EPI’s), além de crachá e uniforme para visitar as casas. Já os serviços do mutirão dependem das condições climáticas, tendo a data adiada, mesmo que garoa fina. Em caso de dúvida, o munícipe pode ligar para o telefone (13) 3341-6569, identificar o nome do agente e verificar se a equipe está atuando no seu bairro. 

Cronograma :

Quinta-feira (9) 

Vila Zilda – Vistoria de imóveis 

Vila Edna – Vistoria de imóveis 

Enseada – Vistoria de imóveis 

Sexta-feira (10) 

Vila Zilda – Vistoria de imóveis 

Vila Edna – Vistoria de imóveis 

Enseada – Vistoria de imóveis 

Tudo sobre: