Guarujá entrega primeiras unidades habitacionais do Parque da Montanha

As 180 moradias fazem parte dessa fase do empreendimento, que terá capacidade para abrigar 1.962 famílias, todas do Complexo Prainha e Sítio Conceiçãozinha

Considerado o maior empreendimento habitacional em execução na Baixada Santista, o Conjunto Parque da Montanha, em Guarujá, já teve as primeiras unidades concluídas. A prefeitura afirma ter finalizado a entrega das 180 chaves iniciais, destinadas às famílias de comunidades periféricas da Cidade.

Localizado na Avenida Raphael Vitiello, na Vila Edna, o empreendimento teve suas obras retomadas em abril de 2018, após mais de uma década paralisado. No total são 574 unidades e fase de recuperação estrutural.  

De acordo com o engenheiro da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras, Mauro Braga, das 394 unidades em obras atualmente, 144 estão em fase final de acabamento (pintura e instalações elétrica e hidráulica). A pasta realiza a fiscalização do cronograma de obras do empreendimento.

As outras 250 ainda receberão serviços de pintura, colocação de esquadrias (portas e janelas), além de instalações elétrica e hidráulica. Segundo a prefeitura, as unidades devem estar concluídas até o final deste ano. Quando finalizado, o Parque da Montanha terá capacidade para abrigar 1.962 famílias, todas oriundas do Complexo Prainha e Sítio Conceiçãozinha. 

O conjunto é a terceira etapa do Projeto Favela Porto Cidade, no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 1), conforme o contrato de repasse, firmado em outubro de 2007 com o Ministério das Cidades, atual Ministério do Desenvolvimento Regional, sob a gestão da Caixa Econômica Federal. As duas etapas anteriores se deram na comunidade da Prainha. 

Tudo sobre: