Ordem de serviço para obras na travessia Guarujá-Bertioga deverá ser assinada nos próximos dias

Serviço de travessia segue sem previsão de retomada

Por: ATribuna.com.br  -  30/06/22  -  15:02
Obras poderão ser iniciadas a partir da assinatura de ordem de serviço, segundo o DH
Obras poderão ser iniciadas a partir da assinatura de ordem de serviço, segundo o DH   Foto: Matheus Croce/TV Tribuna

Paralisada há cerca de 20 dias, a travessia de balsas Guarujá-Bertioga continua sem previsão de retomada. O Departamento Hidroviário (DH), do Governo Estadual, afirmou que a ordem de serviço para o início das obras será dada nesta semana.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


O flutuante da travessia afundou no mar na tarde de 12 de junho. A estrutura foi engolida pela força da maré. Desde o dia do acidente, a passagem de veículos está interditada.


Segundo o DH, toda a documentação exigida para a contratação emergencial está sendo analisada pela Procuradoria-Geral do Estado.


O flutuante, que tem aproximadamente 70 toneladas, será retirado do mar com o auxílio de um guindaste. De acordo com o DH, testes identificarão se houve danos à estrutura.



As obras ainda não têm data para começar, e sua duração dependerá das condições em que a estrutura será encontrada.


Plano B
Enquanto a travessia está paralisada, quem precisa fazer o percurso entre as cidades se vê obrigado a utilizar as rodovias Cônego Domênico Rangoni e Rio-Santos.


Outros se arriscam em viagens de barco, que estão sendo feitas no mesmo local da travessia, ao custo de R$ 5.


As Prefeituras de Guarujá e Bertioga dizem manter com o Governo do Estado, pedindo agilidade para a execução das obras e a retomada do serviço.


Logo A Tribuna