Dois turistas e um morador de Itanhaém foram identificados como vítimas de naufrágio

Acidente aconteceu na noite do último sábado (3), no Rio Itanhaém

Por: De A Tribuna On-line  -  05/11/18  -  09:20
Vítimas estavam sem coletes salva-vidas, segundo informações do Corpo de Bombeiros
Vítimas estavam sem coletes salva-vidas, segundo informações do Corpo de Bombeiros

Dois turistas de Itapetininga, no Interior de São Paulo, e um morador de Itanhaém foram identificados comoas vítimas do naufrágio de um barco pesqueiro ocorrido na noite do último sábado(3), no Rio Itanhaém. A tragédia aconteceudurante a forte ventaniaque causou diversos transtornos na Baixada Santista.


José Francisco Vieira, de aproximadamente 60 anos, e José Alexandre Vieira Neto, de 36, eram pai e filho, respectivamente. Carlos Alberto Lucas da Silva, 45, era o morador de Itanhaém. Os três vieram a óbito. As outras nove pessoas que estavam na embarcação já receberam alta.


"No momento que os Bombeiros chegaram não estavam usando colete salva-vidas. Alguns (coletes) estavam na praia e outros próximos que já apareceram virados no mar. Eles estavam sem colete. Fica o alerta porque é importante estar equipado por mais que saiba nadar. Se estivesse usando provavelmente o final seria outro”, comentou a tenente do Corpo de Bombeiros, Karoline Burunsizian.


De propriedade da empresa Serenautica, a embarcação fazia um passeio em direção à Ilha da Queimada Grande. Ao verem a piora nas condições do mar, no entanto, os turistas pediram ao piloto que voltasse à marina. Porém, no retorno, com a ventania e o mar agitado, o barco bateu em rochas e virou.

*Com informações de Fernando DeGaspari, TV Tribuna e G1 Santos


Logo A Tribuna