Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Baixada Santista passa da marca de 3 mil mortes por Covid-19 desde início da pandemia

Em 24h, foram confirmadas mais 10 mortes por coronavírus na região, além de 544 novos infectados

Por: Nathália de Alcantara  -  23/01/21  -  00:40
Baixada Santista registrou dez novos óbitos nas últimas 24h
Baixada Santista registrou dez novos óbitos nas últimas 24h   Foto: Matheus Tagé/AT

A Baixada Santista passou das 3 mil mortes desde o começo da pandemia de coronavírus. São ainda 89.958 doentes no mesmo período. Em 24h, foram confirmadas mais 10 mortes por Covid-19 na região, além de 544 novos infectados.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Outras 2.421 pessoas da Bbaixada aguardam resultados de exames para saber se estão ou estiveram com a doença. Ao mesmo tempo, 107 mortes ainda são investigadas.


São Vicente confirmou cinco óbitos causados pela doença e chega a 543 mortes. Já Praia Grande confirmou três mortos e tem hoje 374 óbitos. Em Santos, foram contabilizados dois óbitos por Covid-19, sendo uma mulher de 78 anos, falecida em 14 de janeiro, e um homem de 71 anos, falecido em 2 de janeiro. Assim, o total de mortos de residentes em Santos desde o início da pandemia chega a 1.012.


Guarujá não registrou mortes e segue com 551 óbitos desde o começo da pandemia, mas Nas em 24h, recebeu 254 notificações de testes positivos. Hoje, são 12.151 contaminados no município.


A cidade monitora 40 pessoas internadas, 10 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que apresentaram sintomatologia compatível com a Covid-19. Os leitos Covid-19 estão com ocupação de 29% tanto em enfermaria quanto em UTI.


A Seção de Vigilância Epidemiológica (Seviep) de Santos recebeu 123 notificações de coronavírus entre munícipes. O número acumulado de casos passou de 32.978 para 33.101.


Em 24h, a quantidade de pessoas internadas com Covid-19 na rede hospitalar de Santos aumentou de 227 para 233 pessoas. O crescimento é de 2,6%.


Do total de internados, 123 estão em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), voltados aos casos mais graves. A taxa de ocupação geral dos 646 leitos Covid-19 disponíveis está em 36%. Entre os 281 leitos de UTI, a ocupação é de 44%. Na rede SUS, a taxa é de 36% e, na rede privada, de 56%.


Logo A Tribuna