Turista desaparece após entrar no mar com a sobrinha em Bertioga

Operador Junio Correia da Silva, de 36 anos, foi visto pela última vez com uma bermuda branca na praia da Enseada no domingo (30)

Um turista está desaparecido após ter sido visto pela última vez dentro do mar na praia da Enseada, em Bertioga, no último domingo. Segundo a esposa da vítima, ele estava junto com a sobrinha de 12 anos na água, que foi encontrada cerca meia hora depois. O Grupamento dos Bombeiros Marítimo (GBMar) prossegue com as buscas.

O operador de máquinas Junio Corrêa da Silva, de 36 anos, estava com a família e amigo na praia, curtindo o sol e o calor que fez na cidade no domingo (30). Todos eles são de Ferraz de Vasconcelos, em São Paulo, e fazem o trajeto até a cidade para aproveitar dia na praia.

Por volta de 15h30, Junio entrou no mar com a sobrinha, o filho e uma outra criança, amigo do filho.

"Foi a última vez nós o vimos. Ele estava em uma área mais fundo do mar com a sobrinha, e as crinças mais atrás. De repente, ninguém viu mais os dois. Meu filho correu para avisar e, de imediato, fui até o posto para informar o salva-vidas que estava na praia', conta a esposa de Júnio, Cristiane Aparecida de Lima, de 35 anos.

Depois de desaparecer, Cristiane relata que cerca de meia hora depois, a sobrinha do marido apareceu, em um lugar distante de onde foram vistos pela última vez. A sobrinha de Junio disse que se perdeu no mar e passa bem.

"Ele estava com uma bermuda branca. Já fiz um boletim de ocorrência e estou na cidade para manter contato com os bombeiros", diz.

Salvamento

Bombeiros seguem às buscas no mar por Junio (Foto: Arquivo pessoal)

Segundo Cristiane, no momento em que ela avisou no posto de salvamento aquático sobre o desaparecimento do marido até o início das buscas, houve uma grande demora.

"Tinha apenas um bombeiro no posto e ele informou que os equipamentos de resgate estavam sendo utilizados em uma outra ocorrência na Riviera. Só depois de uma hora que apareceu uma moto aquática realizando as buscas", afirma.

Em contato por telefone com ATribuna.com.br, o GBMar confirmou o desaparecimento da vítima e disse que as buscas vão seguir até o fim da tarde. A corporação, no entanto, não se posicionou a respeito da demora do atendimento na data de domingo na praia da Enseada.

Tudo sobre: