EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

11 de Julho de 2020

Motoristas de ônibus municipais de Bertioga entram em greve no aniversário da cidade

Funcionários reivindicam junto à empresa responsável pagamentos referentes a salário, cesta básica e vale-alimentação. Município completa 29 anos nesta terça-feira (19)

No dia em que completa 29 anos de emancipação político-administrativa, Bertioga amanheceu nesta terça-feira (19) com os motoristas do transporte municipal em greve devido ao atraso de pagamentos e benefícios por parte da empresa responsável pelo serviço.

Nas primeiras horas do dia, motoristas da Viação Bertioga foram até a garagem, mas não saíram com os ônibus para operar na cidade.

Eles reivindicam a falta do pagamento do salário do 5º dia útil. Além disso, os profissionais também cobram cesta básica e o pagamento do vale-alimentação referente ao mês de abril, que estão atrasados.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Santos e Região já está em negociação com a empresa para a retomada do serviço e pagamento dos vencimentos. Motoristas afirmaram que só retornam ao trabalho após a regularização dos pagamentos.

Nesta terça-feira (19), os ônibus municipais iriam operar em frota reduzida devido ao feriado municipal. Em média, o transporte público em Bertioga atende 12 mil passageiros por dia.

Tudo sobre: