Família encontra corpo de turista que sumiu após se afogar em praia de Bertioga

Operador Junio Correia da Silva estava desaparecido desde a tarde do último domingo na praia da Enseada

O corpo do operador Junio Correia da Silva, de 36 anos, foi encontrado na beira do mar da praia da Enseada, em Bertioga, na manhã de terça-feira (1º). Ele estava desaparecido desde a tarde de domingo, quando foi visto pela última vez enquanto tomava um banho de mar.

Acompanhado da família e de amigos, Junio, que é de Ferraz de Vasconcelos, em São Paulo, veio para Bertioga no último domingo (30) para fazer um 'bate-volta' e aproveitar um dia de praia. No entanto, ele entrou no mar com a sobrinha e não foi mais visto.

Segundo a cunhada de Junio, Sara Sandra de Lima, ela e a esposa da vítima, a operadora Cristiane Aparecida, foram avisadas de um corpo que apareceu na beira do mar, por volta das 8h30.

"Estávamos procurando pela faixa de areia quando um casal nos avisou. Fomos até o local e vimos que era o Junio. Ligamos para os bombeiros para que pudessem retirar o corpo da água", afirmou.

A perícia da Polícia Civil foi acionada até o local onde o corpo foi encontrado. Após os trabalhos, o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

O filho de Junio, de 14 anos, soube da morte do pai após os familiares retornarem para Ferraz de Vasconcelos, na noite de terça-feira. Velório e sepultamento do operador ocorrem nesta quarta-feira (2).

"Infelizmente o mar estava muito forte no domingo quando entraram na água. Ele nadava muito bem, sempre ia para o fundo", lamentou a cunhada.

Desaparecimento

Segundo a esposa, Junio entrou no mar junto com a sobrinha, o filho e um amigo do filho.

"Foi a última vez nós o vimos. Ele estava em uma área mais fundo do mar com a sobrinha, e as crinças mais atrás. De repente, ninguém viu mais os dois. Meu filho correu para avisar e, de imediato, fui até o posto para informar o salva-vidas que estava na praia".

Tudo sobre: