EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

22 de Novembro de 2019

Ônibus intermunicipais contarão com ar-condicionado a partir de 2020

Segundo o deputado Kenny Mendes, secretário de Transportes Metropolitanos se sensibilizou e deu como prioridade a climatização dos veículos na Baixada Santista

Os ônibus intermunicipais que atendem toda a Baixada Santista contarão com ar-condicionado a partir de 2020. A informação foi dada pelo deputado estadual Kenny Mendes (Progressistas), que recebeu a confirmação do secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

Kenny, em seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), disse que apresentou diversas demandas ao estado a respeito do transporte na região, incluindo o trem de passageiros e a conclusão do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Segundo ele, a climatização nos ônibus intermunicipais é prioridade.

"Conversei com o secretário de Transportes, Alexandre Baldy, que, por acaso, também é do meu partido, e entrei com esse pedido. Algumas regiões do estado já possuem 20% da frota climatizada, e argumentei que a região seria prioridade", explicou.

"É uma região de altas temperaturas. Há passageiros que passam muitas horas dentro do ônibus, muitas vezes em pé. O secretário se sensibilizou e deu o retorno de que a Baixada Santista será contemplada na próxima fase de climatização dos ônibus intermunicipais”, revelou.

Kenny Mendes articula desde o início do mandato na Alesp melhorias para os serviços de transportes na Baixada Santista (Foto: Vanessa Rodrigues/AT)

Para isso acontecer, haverá uma renovação da frota. O parlamentar explica que 250 ônibus já foram encomendados pelo estado, que trabalha para que haja um aumento da frota que atende a região.

"Serão novos veículos, climatizados. E há a vantagem que o veículo será maior, atenderá mais passageiros e com um número menor de pessoas que ficam em pé durante as viagens", diz.

Reivindicação antiga

A climatização dos ônibus intermunicipais é uma reivindicação antiga dos usuários, que sofrem com o calor, principalmente durante o verão. O parlamentar alegou possíveis motivos para isso ainda não ter acontecido.

"Vejo duas coisas. Primeiro, o custo dos veículos, e também vontade política. Talvez a população não pudesse enxergar os ônibus climatizados, mas agora, com a tecnologia, isso tudo é permitido e feito na maior qualidade", analisa.

Linhas municipais de cidades como Santos, Praia Grande e Guarujá já possuem veículos climatizados. E, após a assinatura de contratos, São Vicente e Cubatão também terão novos ônibus com ar-condicionado para atender os passageiros.

Climatização dos ônibus intermunicipais é uma reclamação antiga de passageiros (Foto: Alexsander Ferraz/AT)
Tudo sobre: