EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

5 de Agosto de 2020

Tarrafa Literária: Tudo pronto para o início da 11ª edição

Festival literário reunirá 20 autores de quarta (25) a domingo (29)

A partir desta quarta-feira (25), Santos volta a ser sede de um dos eventos de destaque na área cultural. É a Tarrafa Literária - Festival Internacional de Literatura de Santos, que chega à sua 11ª edição.

Até domingo (29), dez mesas apresentam ao público debates com autores de renome e lançamentos de livros, além de shows, palestras para professores e contação de histórias para crianças.

“Chegar à 11ª edição é uma conquista importante para um festival ininterrupto”, diz o livreiro e escritor José Luiz Tahan, idealizador do evento.

Ele conta que, como ocorre desde 2018, a Tarrafa resgata personagens daqui, nascidos ou que deixaram sua marca na literatura. O homenageado desta edição é o santista Osvaldo Moles, uma figura santista que poucos conhecem.

Jornalista, cronista, radialista, roteirista de cinema, pioneiro em publicidade eletrônica e especialista em linguagem popular, ele é o maior parceiro de Adoniran Barbosa, com quem compôs 'Tiro ao Álvaro'.

Apesar de não se achar um escritor e se definir como um “cronista pé-de chinelo”, foram seus textos, interpretados por Adoniran em programas de rádio, que os tornou uma das duplas de sucesso entre os anos 40 e 60.

E a abertura da Tarrafa, que acontece no Sesc Santos, na quarta (25), às 19h30, procura relembrar esse clima vivido pelo homenageado.

Assim, o show do grupo João Rubinato (nome verdadeiro do autor de 'Saudosa Maloca') é apresentado em formato de um programa de rádio à moda antiga, com canções, crônicas e cenas de radioteatro. Haverá ainda histórias saborosas de Sergio Rubinato, sobrinho de Adoniran, tudo ilustrado com projeções de imagens da época.

Fundado em 2009, o conjunto mostra o lado menos conhecido da vida e da obra do multiartista que foi Adoniran.

A Tarrafa

Todas as mesas de debate serão no Teatro Guarany e contarão com dois escritores e um mediador. Eles discutirão temas como a história da escravidão no Brasil, feminicídio, feminismo, arquitetura e urbanismo, psicanálise, ética, filosofia e memórias.

Entre os convidados estão os autores Jarid Arraes, Eduardo Spohr, Affonso Solano, Contardo Calligaris, Renato Janine Ribeiro, Barbara Gancia, Xico Sá, Maria Lúcia Homem, Preta-Rara, entre outros.

“Trazemos temas nunca antes abordados, como arquitetura e Urbanismo e Literatura Fantástica, que circula pelo universo mais geek e que vende muitos livros”, afirma Tahan.

As crianças também podem aproveitar o evento. Na sexta-feira (27), a Tarrafinha é dedicada a elas.

Outra novidade da edição está na mesa que trata do Prêmio Oceanos de Literatura, com a mediação de uma das curadoras do concorrido prêmio luso-brasileiro, a produtora cultural e crítica literária, também santista, Selma Caetano.

Os eventos são gratuitos. Para o show no Sesc, os ingressos devem ser retirados na unidade a partir das 10h.

Programação

Quarta-feira (25)
19h30: Abertura com o conjunto João Rubinato, no Sesc Santos.

Quinta-Feira (26)
17h: Mesa 1: Ficção nas Veias Árabes, com Cris Judar e Marcelo Maluf, com mediação de Ademir Demarchi.
19h: Mesa 2: Comgás – Arquitetura e Urbanismo, com Caio Esteves e Guilherme Wisnik; mediação de Rafael Ambrósio.

Sexta-feira (27)
9h: Eva Furnarifala com professores da Seduc.
15h: contação de histórias do livro Cacoete, de Eva Furnari, com Rose Faria.
17h: Mesa 3: Escravidão na História, reflexões, com Mariza Soares e Marina de Mello, com mediação de Gustavo Klein.
19h: Mesa 4: Mulheres numa noite Quente, com Jarid Arraes e Preta-Rara. Mediação de Simone Batista.

Sábado (28)
15h: Mesa 5: Serfeliz no silêncio. Psicanálise, literatura, com Contardo Calligaris e Maria Lúcia Homem e mediação de Gisela Rodrigues.
17h: Mesa 6: O livro aberto da minha vida, com Bárbara Gancia e Xico Sá, com mediação de Matthew Shirts.
19h: Mesa 7: Prêmio Oceanos na Tarrafa, com show Sustança de meninos e homens, com Jé Oliveira e banda Farinha com Açúcar; participação da curadora Selma Caetano.

Domingo (29)
15h: Mesa 8: O cronista em mim. Literatura, ciências, com Pedro Mexia e Cássio Zanatta; mediação de Jorge Oliveira.
17h: Mesa 9: Os caminhos da literatura fantástica no Brasil, com Affonso Solano e Eduardo Spohr e mediação de Thiago Cabello.
19h: Mesa 10: Ética no caminho, o caminho da ética, com Clóvis de Barros e Renato Janine Ribeiro e mediação de MárioVitor Santos.

Endereços
Sesc Santos: Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida.
Teatro Guarany: Praça Andradas, s/nº, Centro.

Tudo sobre: