EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

13 de Dezembro de 2019

Tarrafa Literária anuncia os primeiros escalados

Em setembro, grandes nomes da literatura participarão do evento

A 11ª edição da Tarrafa Literária começa a ganhar corpo e já tem sua programação quase toda confirmada. Entre os destaques estão nomes como Jarid Arraes, Preta Rara, Renato Janine Ribeiro, Contardo Calligaris, Pedro Mexia, Eduardo Spohr e Affonso Solano. Outros autores seguem em negociações.

O evento acontece entre os dias 25 e 29 de setembro, mantendo a configuração das últimas edições. A abertura acontece no Teatro do Sesc, enquanto as mesas de debate serão no Theatro Guarany. No dia 30, o festival sobe a Serra e tem uma despedida em São Paulo.

De olho em temas atuais e relevantes, o realizador e curador do evento, José Luiz Tahan, incluiu na grade de discussões encontros sobre história da escravidão, feminismo, ética e história recente do Brasil.

“Essa polarização do Brasil, os contextos políticos, todas essas tensões, questionamentos, paradoxalmente favoráveis, realçam a importância de eventos como a Tarrafa Literária. Acho que nos fazemos ainda mais necessários”, acredita Tahan. “Além de ser uma diversão, um entretenimento, nós somos mais notados nesse Brasil que está tentando se entender. Estudar a própria história, ética, filosofia, literatura, poesia, tudo isso embalado em um clima de aprendizado e encontro. Isso é extremamente importante”.

A organização também revelou quem será o homenageado desta edição. O escolhido é o cronista, humorista, letrista santista Osvaldo Moles (1913-1967). Ele foi o maior parceiro do sambista Adoniran Barbosa, autor dentre muitas letras de 'Tiro ao Álvaro'.

O show em homenagem ao sambista será na noite de abertura, com uma apresentação especial do conjunto João Rubinato.

A escritora e rapper Preta Rara é a única autora da região escalada no festival até o momento. No evento, ela lançará o livro 'Eu, Empregada Doméstica' (Letramento Editora e Livraria), que reúne relatos fortes sobre a rotina das empregadas domésticas no Brasil.

Tahan, no entanto, ressalta que os mediadores serão da região. Jornalistas e professores serão selecionados para a função.

Estreias

O livreiro também revela algumas estreias na Tarrafa. Entre elas uma parceria com o Prêmio Oceanos, um dos eventos literários mais importantes entre os países de língua portuguesa, a par do Prêmio Jabuti ou Prêmio Camões.

A parceria consiste em uma mesa com curadoria conjunta com o prêmio Oceanos e sua diretora, Selma Caetano. “De Portugal receberemos o Pedro Mexia, autor do livro 'Tinta da China'”, adianta o idealizador da Tarrafa.

Literatura Fantástica

Mas outra estreia que promete movimentar o público da região é a inclusão do tema literatura fantástica. E os escolhidos para debater o assunto não poderiam ser melhores: os autores cariocas Eduardo Spohr e Affonso Solano.

“É uma tribo enorme. Eles, juntos, já venderam centenas de milhares de exemplares. Estou muito feliz de trazer esses cariocas para cá”, comemora Tahan. Aos 43 anos, Spohr se destaca por obras como 'A Batalha do Apocalipse' e a série 'Filhos do Éden'. Colaborador do blog Jovem Nerd, o carioca sempre foi muito próximo desse público. Prova disso é que o seu primeiro livro, 'A Batalha do Apocalipse', vendeu mais de 50 mil exemplares em poucos meses.

Primo de Gabriel, O Pensador, Affonso Solano, de 37 anos, iniciou a carreira como ilustrador e storyboarder de agências de publicidade e Rede Globo. Na literatura, se destaca por obras como 'O Espadachim de Carvão', 'O Espadachim de Carvão e as Pontes de Puzur' e 'As Aventuras de Tamtul e Magano'.

Seus trabalhos costumam ser bem festejados em eventos geeks, como a CCXP (Comic Con), em São Paulo, no qual lançou uma de suas obras.

Investimento na Tarrafa

Ainda em fase de captação de recursos para a 11ª edição da Tarrafa, Tahan se coloca à disposição para tirar dúvidas sobre a participação do público, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

Quem quiser colaborar com o evento deve entrar em contato pelo e-mail tahan@realejolivros.com.br ou se dirigir à própria Realejo Livros (Av. Marechal Deodoro, 2, Gonzaga, em Santos), livraria do idealizador da Tarrafa.

Tudo sobre: