EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

15 de Dezembro de 2018

Formandos da Escola de Artes Cênicas se apresentam no Theatro Guarany

Eles encenam as peças "O Assassinato do Anão..." e "Jogos na Hora da Sesta"

Os formandos da Escola de Artes Cênicas Wilson Geraldo (EAC), da Secretaria Municipal de Cultura de Santos (Secult), ocupam o palco do Theatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, no Centro Histórico), com espetáculos de fim de ano.

A peça O Assassinato do Anão..., do dramaturgo santista Plínio Marcos, abre a programação de formaturas. As apresentações começam na quinta-feira (6) e seguem até domingo (9). De quinta a sábado, as sessões ocorrem às 20h. Já domingo, às 19h, seguida pela solenidade de formatura.

A história fala sobre o decadente Circo Atlas, parte de uma cidadezinha provinciana que vira alvo de um escândalo a partir de evidências de que o anão, a maior atração do local, foi brutalmente assassinado. O caso gera comoção nacional e ganha proporções desastrosas. Após o acontecimento, o desconhecido e isolado circo acaba rodeado por importantes políticos, autoridades policiais e a imprensa local, com suspeita sobre todos os artistas.

Na próxima semana, também de quinta (13) a domingo (16), é a vez da peça Jogos na Hora da Sesta, com texto da romena Roma Mahieu. As sessões acontecem no mesmo horário. Lançada durante a ditadura militar na Argentina, a trama relata a violência nas brincadeiras infantis e aborda a hostilidade do ponto de vista de quem violenta e de quem é violentado. A direção e adaptação são de Cibele Piacentini.

Os ingressos para O Assassinato do Anão... e Jogos na Hora da Sesta são gratuitos.