EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

17 de Agosto de 2019

A Praça é Rock agitará o Centro de Santos por 12 horas

Bandas, cantores, DJs e a Orquestra Sinfônica prometem som de qualidade no próximo sábado (3)

O rock 'n' roll é um dos gêneros musicais mais consumidos pelos santistas. E a Cidade retribui essa paixão com diversos eventos para todos os públicos e idades. No próximo sábado (3), por exemplo, a partir das 13h, o Centro Histórico de Santos irá reunir bandas locais em três palcos diferentes no A Praça é Rock. Serão nada menos do que 12 horas de muita música.

O evento, organizado pelos bares e restaurantes da área central, em parceria com a Secretaria de Cultura (Secult) será realizado em três palcos. “Tudo se resume àquela velha e verdadeira frase que ‘a união faz a força’. E quando nós somamos, tudo fica mais fácil. Pensamos em eventos como esse não só porque queremos melhorar o Centro, mas a Cidade como um todo. Serão 12 horas de muita música boa”, disse Victor Diniz, um dos sócios do Café Central e organizadores do A Praça é Rock.

Em razão da previsão de chuva, o concerto Clássicos do Rock, com a participação da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos (OSMS) e dos músicos Cristopher Clark no vocal, Bruno Silveira na bateria, Mauro Hector na guitarra e Paulo Faria no baixo, foi transferido para o Teatro do Sesc (Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida), às 17h30, deste sábado (3). A retirada gratuita de ingressos (dois por pessoa) começa às 15h30, na bilheteria do Sesc.

A previsão de chuva também motivou alterações na programação do evento A Praça é Rock. Agora, as apresentações musicais terão início a partir das 16h, na Praça Mauá e Rua Cidade de Toledo (Centro Histórico), com shows de Lucas Degasperi, Musirama e convidados - Dani Vellocet, Gibi Wagner, Mariana Azzi e Tite Franco, Exagerados, Music Box, Blackhats e Djs Juba e Renatinho.

A intensa programação, gratuita, terá abertura no palco montado próximo à Estação Buck Jones (Praça Mauá), às 13h, com o cantor Lucas Degasperi e Banda. Na sequência, às 14h, o som continua com a Musirama e os cantores convidados Dani Vellocet, Gibi Wagner, Mariana Azzi e Tite Franco.

Logo após, às 17h30, no palco montado em frente ao Paço Municipal, ocorre o principal show do dia: o concerto Clássicos do Rock, com a OSMS e Cristopher Clark, Mauro Hector, Paulo Farias e Bruno Silveira.

O som continua no palco montado perto da Rua Cidade Toledo, que recebe Exagerados, às 20h; Musica Box, às 22h; e Blackhataz, a partir da zero hora, além da discotecagem dos DJ’s Juba e Renatinho.

Clássicos do Rock

O grande destaque do evento vai para o concerto Clássicos do Rock, que será realizado a partir das 17h30, pela Orquestra Sinfônica de Santos (OSMS), em conjunto com os músicos Cristopher Clark, Mauro Hector, Paulo Farias e Bruno Silveira.

“Essa união é sempre enriquecedora. Ela marca a junção de diferentes maneiras de fazer música em uma única apresentação”, destacou o maestro Luis Gustavo Petri, da OSMS, em entrevista pelo telefone. E a proposta é válida, pois muitos entendem a música como uma linguagem universal.

O show deste sábado marca o reencontro entre a orquestra e os músicos, que já haviam se apresentado juntos no Réveillon de 2019, quando tocaram na orla de Santos.

O maestro destacou a importância do incentivo à cultura regional por meio de atividades desse tipo, que levem o som de artistas locais para a população. “Atualmente, a Cultura tem sido considerada a vilã por tudo o que está acontecendo no nosso País. Com eventos assim, podemos desmistificar essa ideia”, acredita Petri, que adiantou algumas bandas que farão parte do repertório: Pink Floyd, Led Zeppelin, Metallica, Guns N' Roses, AC/DC e Black Sabbath.

“Quem gosta de rock vai ouvir o estilo de uma forma diferente, e quem gosta de orquestra também. Compareçam!”