EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

14 de Julho de 2020

Vinny e LS Jack se reencontram em uma volta aos anos 90

Músicos gravaram um single e pensam em projetos maiores para o final da quarentena

Há pouco mais de um mês, quando o mundo era outro e as atividades artísticas ainda não tinham sido paralisadas, o cantor Vinny pretendia fazer shows e colocar a turma para dançar em apresentações do "Baile do Vinny", que trariam de volta grandes sucessos dos anos 80.  

Mas isso teve que ser revisto e uma parceria com amigos da banda LS Jack ganhou força nos planos do cantor multi-instrumentista, que ficou conhecido nos anos 1990 com músicas como "Heloísa mexe a cadeira" e "Shake Boom".  

O primeiro single fruto do trabalho em conjunto, "Esquece a solidão e sai", acaba de ser lançado nas plataformas digitais, com direito a videoclipe. A música dançante e otimista convida o público para “um beijo de cinema” ou até “para ver o sol deitar no mar”.  

Mas Vinny diz que o conselho é só para depois que o período de isolamento acabar. “Por agora, fique em casa. Quando tudo isso passar vamos comemorar juntos”, destaca. 

Preparo para turnês  

Ele conta ainda que seus planos também mudaram em função da parceria. “A ideia agora com esse projeto é de fazer não apenas uma música, mas de tornar isso também uma turnê e sair viajando pelo País. A gente está compondo muito. Talvez isso se torne um EP, talvez um disco. A gente ainda está vendo como vai fazer isso. Na verdade, o som ficou muito poderoso e a gente tocando juntos foi algo que tomou uma proporção maior do que eu pessoalmente esperava”, afirma o cantor.  

Quanto ao "Baile do Vinny", ele pretende retomar a agenda depois da pandemia. “O formato está pronto. É o tipo de show que a pessoa chega arrumadinha e sai bagunçado. É só ir para a rua e fazer a festa”. O show será dividido em blocos temáticos, como swing, ska, rock dos anos 80 e músicas do próprio Vinny. No setlist estão previstas canções como "Garota nacional", "Maior abandonado", "Menina veneno" e "Sonífera ilha".  

“Mas artisticamente eu confesso que o projeto LS Jack e Vinny tomou uma proporção muito grande na minha vida e a gente vai priorizar essa junção”, avalia. 

Caminhos distintos 

Distante dos holofotes desde o início dos anos 2000, Vinny trilhou outros caminhos paralelos profissionais. Após morar em Argentina e Portugal, ele se formou em Filosofia, com mestrado em Ciências Sociais. 

“A distância foi providencial. Houve um esvaziamento da agenda. Faz parte. Tem o auge e o declínio. Eu preferi neste momento de declínio encerrar a carreira”, conta ele. 

A paixão por filosofia nasceu quando ele cursava o último ano de Direito, E mantendo a promessa de sempre estudar durante a vida, ele agora está finalizando a licenciatura em psicanálise e já atende pacientes uma vez por semana. 

Com a retomada dos shows nos próximos meses, ele pretende conciliar a agenda para seguir com a carreira nas duas áreas. “Talvez restringir os atendimentos a todas as segundas-feiras seja um jeito de levar adiante as duas paixões.”

Tudo sobre: