EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

17 de Junho de 2019

Rede Globo grava nova série 'Onde está meu Coração' em pontos de Santos

Esta será mais uma superprodução da emissora

Em uma manhã atípica desta semana, os quiosques da praia do José Menino, no Canal 2, em Santos, foram um dos pontos de gravação da série 'Onde está meu Coração', da Rede Globo. O programa tem previsão de ser lançado em 2020, no Globo Play, e a produção já está a todo vapor. A equipe usou, além do Canal 2, os cenários do Porto, do Centro de Santos e das praias do Guarujá.

Para gravar somente algumas cenas no canal da praia do José Menino, precisaram de uma infraestrutura com cerca de quatro caminhões cheios de equipamentos, figurinos e até carros de reportagem.

Apesar da dificuldade de acesso – geralmente as emissoras exigem um sigilo total nesse tipo de gravação, dificultando o acesso e divulgação de conteúdo – foi possível capturar algumas imagens. No momento dos cliques, uma menina de patins e um menino de bicicleta estavam encostados na escadaria do canal. A produção pediu silêncio total e o take começou. Era possível ouvir de longe “vamos repetir o beijo”, enquanto todos trabalhavam meticulosamente para que a cena saísse perfeita.

Enquanto isso, nos quiosques, os figurantes estavam reunidos, se preparando para entrar em ação, enquanto assistiam à gravação. A estudante e figurante Mariana Lemos Machado, de 21 anos, ficou impressionada com a estrutura da produção. Foi a primeira vez dela como figurante. “É muito diferente. Quando cheguei aqui, só tinha uma barraca. Depois começou a chegar um monte de caminhão, reportagem e eu pensando, meu Deus, onde vou me enfiar (risos)”.

Mariana chegou sem saber quantas horas ficaria lá, nem muito bem o que faria. Mas estava superanimada com a oportunidade. De acordo com ela, tudo pode acontecer. “Às vezes eles chegam do nada e falam: gostei da sua cara, não quer fazer outra coisa? Então acabam mudando”.

Nessas horas, até o ganho pode mudar. “Você iria ganhar um cachê de R$ 300 e mudam para fazer um papel de R$ 1 mil”, explica a jovem, que morava em São Paulo e se mudou para Santos para ficar com sua família. Inclusive, seu pai, Maurício Machado, estava lá. Encostado na mureta do canal, ele observava sua filha, cheio de orgulho: “O pai é bobo. Eu fico super feliz por ela”.

Movimento

O movimento diferente chamava a atenção de quem estava na orla. O aposentado Henrique Ragucci, de 80 anos, parou no quiosque com sua neta Pietra Stort, de 4 anos, e ficou curioso com toda a movimentação. “Queria saber o que é isso aqui?”, questionou. Ao saber das gravações, declarou: “A Cidade precisa disso. Vem turista aqui e não tem nada para apresentar, só a praia. Então é importante a divulgação”.

Mariana Barbosa da Silva, de 19 anos, trabalha no quiosque que o sr. Ragucci estava e também ficou surpresa com a quantidade de equipamentos. Foi a primeira vez que ela viu uma gravação de perto. “Acho bacana pra Cidade, dá mais visibilidade”. E a produção também é positiva para o seu trabalho, já que, com o movimento, o consumo em seu quiosque pode aumentar.

As tendas, câmeras e microfones na areia da praia fizeram também com que um casal de idosos (que não quis se identificar), parasse para observar o que estava acontecendo. Quando descobriram o motivo, o senhor fez uma brincadeira com o nome da série. “Onde está meu coração? Aqui em Santos”.

Cenário perfeito

A Cidade é um prato cheio para as gravações de novelas, filmes e séries. Até o ator de Hollywood, Keanu Reeves, virá para a região entre julho e agosto para gravar cenas de sua nova série no Porto.

As paisagens da Baixada também se destacam em grandes produções nacionais. A produção da Netflix, 'Coisa Mais Linda', teve cenas gravas na Rua XV de Novembro, no Centro de Santos, e também na praia do Guaiúba, em Guarujá. Já a novela global, 'O Tempo Não Para', o seriado '3%', da Netflix, e as produções futuras, como a regravação de 'Éramos Seis', são só alguns dos trabalhos por aqui.

Em recente entrevista para o Expresso Popular, a figurante Márcia Fernandes comentou que a procura por locações na região aumentaram nos últimos quatro anos. De acordo com ela, o que atrai em Santos são fatores como a arquitetura, que lembra à de cidades como Rio e São Paulo, além do custo mais baixo.