'Pais e filhos', da Legião Urbana, é música mais tocada nos últimos cinco Dias dos Pais, diz Ecad

Em homenagem à data especial, celebrada neste domingo (9), a entidade fez levantamento em seu banco de dados e identificou cerca de 4,5 mil canções com a palavra “pai” no título

"É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã. Por que se você parar pra pensar, na verdade não há”. O clássico refrão de ‘Pais e Filhos’, composição da banda brasiliense Legião Urbana é o mais ouvido nas últimas cinco datas nas quais foram celebrados o Dia dos Pais. É o que revela um levantamento do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), com base às músicas mais tocada no Spotify Premium, entre 2016 e 2020. 

A música “Pais e filhos", de autoria de Dado Villa-Lobos, Marcelo Bonfá e Renato Russo, lista  entre as mais ouvidas no segmento de Rádios neste mesmo período, figurando na segunda colocação do ranking, que teve “Fé no pai”, música de autoria de Gabriel Agra e Zé André e gravada pelo cantor Lucas Lucco, na liderança.  

Segundo o Ecad, responsável por mais de 13 milhões de músicas (sendo um dos maiores bancos de dados de canções da América Latina), cerca de 4,5 mil composições musicais levam a palavra “pai” no título. E também reuniu os cinco compositores com mais obras musicais com as palavras "pai" no título. Foram identificados autores de músicas religiosas, de trilhas sonoras e de música pop.  

Na liderança, Claudinei de Araújo Fernandes, conhecido como Nei e compositor de música religiosa, tem 34 canções cadastradas no Ecad. Na segunda colocação, José Acácio, também autor de música religiosa, aparece com 18 músicas. Nani Palmeira, com 17 canções, está em terceiro lugar e é compositor de trilhas sonoras.  

O padre Zezinho está na quarta posição, com 16 músicas que levam a palavra “pai” no título. Em quinto, Antônio Pinto, que é autor de trilhas sonoras e filho do cartunista Ziraldo, tem 14. 

Ranking das músicas mais tocadas no Spotify Premium entre 2016 e 2020 

Pais e filhos (Dado Villa-Lobos/Marcelo Bonfá/Renato Russo) 

Como nossos pais (Belchior) 

Escondido do seus pais (Tierry/Flavinho do Kadet/Victor Ávila) 

Hey pai (Isadora Pompeo) 

Meu pai é rastafari (Tales de Polli) 

Tudo é do pai (Fred Pacheco) 

Rebola pro pai (Mc Dvn) 

Casa do pai (Josué Godoi/Pr. Lucas) 

Fé no pai (Gabriel Agra/Zé André) 

Pai nosso (Luiz Chaves) 

Pai da pinga (Thales Lessa/Bikay/Rafaela Miranda/Leo Soares/Theo Rodrigues/Rayane/Kito) 

Pai nosso (Paulo Junior/Flint Eastwood/Acsa Alves do Carmo Sousa) 

Pai de multidões (Fernandinho) 

O pai tá livre (Jerry Smith) 

Abraço de pai (Walmir Alencar) 

No colo do pai (Mc Chapo) 

Casa do pai (Thales Roberto) 

O que o meu pai falou pra mim (Armandinho) 

Me perdoa, pai (Thaiane Seghetto) 

Aos olhos do pai (Ana Paula Valadão) 

Tudo sobre: