EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

14 de Julho de 2020

Finalistas do Prêmio de Literatura Infantojuvenil 2019 são definidos

Dividido em três categorias – Literatura Infantil, Juvenil e Conjunto de Ilustrações – todas possuem cinco finalistas

A Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ), divulgou os livros finalistas do III Prêmio AEILIJ de Literatura 2019. Dividido em três categorias – Literatura Infantil, Juvenil e Conjunto de Ilustrações – todas possuem cinco finalistas. 

Em Literatura Infantil, os escolhidos foram: Deu Limerique na Casa do Bicho, Festança, Minha Família Enauenê, O Acordeão Vermelho e Oras Bolas

Na categoria Juvenil, se encontram os livros A Roda da Vida, Caleidoscópio de Vidas, Estou Aqui Se Quiser Me Ver, Traços e Vlado.

Já no Conjunto e Ilustrações, os finalistas são A Menina e a Planta, Cadê o Livro que Estava Aqui?, Cascudinho, Motosblim e O Filho Querido de Olokun

Somente na Categoria Literatura Juvenil há o Prêmio Hors Concours, que foi dado ao livro Trago na Boca a Memória do Meu Fim

Livros do País todo foram avaliados pelo júri da entidade, entre editoras pequenas, grandes e independentes. Para a definição dos finalistas, o critério foi o de pontuação. Todos os finalistas da premiação irão receber um certificado, que será virtual, por força das circunstâncias. 

A divulgação dos venccedores está marcada para o dia 18 de abril, Até lá, será publicado, a cada dia, uma resenha de cada um dos livros finalistas no blog do AEILIJ. Veja as sinopses de alguns dos livros finalistas:

Deu limerique na Casa do Bicho

Deu Limerique na Casa do Bicho traz uma infestação de poesias nas casinhas mais bacanas do mundo animal, como por exemplo: quantos cômodos tem a toca do coelho? Será que o quarto do urso é grandão que nem ele? Alexandre de Castro Gomes é o autor, com ilustrações de Cris Alhadeff. 

A Roda da Vida 

Do escritor Manuel Filho e com ilustrações de Guilherme Petreca, o livro A Roda da Vida conta a história de Aparecido, abandonado pela mãe ainda bebê na roda da Santa Casa da Misericórdia, passou a vida enfrentando o preconceito sobre sua condição, o personagem nunca quis contar à família sobre seu passado. Seu segredo, ficou guardado por muitos anos e registrado em uma misteriosa carta, que resolveu dar de presente ao seu neto Ricardo, no aniversário de 15 anos do garoto. A mesma carta que mudou a vida de Aparecido, com a ajuda de seu neto, transformará o destino de toda a família.

A Menina e a Planta

A Menina e a Planta é uma história sobre autoconhecimento, transformação e renovação. Escrito por Marcia Paganini ecom ilustrações de Andréia Vieira, o livro se passa com a personagem Mari, que percebe que uma planta está crescendo nela e retirando a alegria para fazer o que gosta, como se divertir com amigos ou ir à escola. Ela luta para se livrar da planta, mas a trepadeira parece vencer. Então, conta com a ajuda da mãe e de outras pessoas para aprender a lidar com o que está lhe fazendo mal.

Tudo sobre: